ZF participa de evento da SAE com tecnologias que serão exigidas por futuras legislações no Brasil


Especialistas vão realizar palestra e minicurso sobre sistemas e produtos WABCO, marca da ZF, para caminhões, ônibus e semirreboques
ZF participa de evento da SAE com tecnologias que serão exigidas por futuras legislações no Brasil
ESCsmart, o controle eletrônico de estabilidade WABCO, marca da ZF

A divisão de Sistemas de Controle para Veículos Comerciais (Commercial Vehicles Control Systems – CVCS) da ZF no Brasil participa do 15º Colloquium Internacional SAE Brasil de Freios e Controle de Movimentos & Mostra de Engenharia – Seção Caxias do Sul, que acontecerá on-line de 17 a 19 de novembro de 2021. A ZF, que é patrocinadora Diamante do evento, apresentará sua expertise em tecnologias para sistemas e produtos que contribuem para maior segurança na estrada, zelam pelo meio ambiente e prestam assistência ao motorista, além de atender a regras que entrarão em vigor no Brasil. A empresa participará de painel e realizará um minicurso no evento com seus especialistas expondo conhecimentos sobre sistemas e produtos WABCO, marca da ZF, para caminhões, ônibus e semirreboques.

PAINEL

O painel “Desafios perante as novas legislações de freios e de controle de movimentos”, programado para as 15h20 de quinta-feira (18), terá a apresentação do engenheiro mecânico Caio Fattori, coordenador de marketing e de inteligência de mercado da divisão de Sistemas de Controle para Veículos Comerciais da ZF no Brasil, que é especialista em tecnologias WABCO para frenagem e controle de movimento de caminhões, ônibus e semirreboques. O palestrante ressaltará duas legislações, uma sobre a obrigatoriedade do controle de estabilidade e a outra referente à exigência de motores menos poluentes e mais eficientes.

Controle de estabilidade

No Brasil, o controle de estabilidade será obrigatório para novos modelos de veículos a partir de janeiro de 2022 e para plataformas correntes, em 2025. Assim como foi com o ABS, em 2013, a obrigatoriedade do controle de estabilidade representa importante passo para o avanço da segurança veicular no país. As novas tecnologias oferecem recursos que ajudam a reduzir riscos de acidentes, principalmente os que acarretam tombamento do veículo. O marco legal, a Resolução 641, do Conselho Nacional de Trânsito – Contran, aumentará a segurança e contribuirá para a redução de acidentes, a exemplo do que aconteceu com a adoção do sistema de controle de estabilidade em outras regiões do mundo.

Antes de ser adquirida pela ZF, a WABCO foi a empresa pioneira no desenvolvimento do controle eletrônico de estabilidade para veículos comerciais, em 2001. Agora, a marca continua a inovar essa tecnologia de segurança. Em veículos pesados, o controle eletrônico de estabilidade (Electronic Stability Control – ESC) cumpre uma tarefa mais complexa do que em um carro de passeio. A execução do trabalho requer um complexo controle de engenharia eletrônica além de sensores de alto desempenho. Para evitar a derrapagem do veículo dentro dos limites físicos e auxiliar na prevenção ao tombamento, o sistema avalia os dados como velocidade da roda, informações de carga e – por meio de sensores integrados – dados de aceleração transversal. Ao analisar essas informações de forma rápida e eficaz, a unidade de controle eletrônico do veículo detecta as probabilidades de tombamento e automaticamente aplica os freios.

Compressor de ar

Compressores de ar montados sobre os motores ganham mais importância com a entrada em vigor de novas regras para motores. O Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores – Proconve, criado em 1986, começará nova etapa a partir do ano que vem. A oitava fase, Proconve P8, estabelecida pela resolução 490 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – Conama, tem como destaque o controle de emissões de gases poluentes ao meio ambiente em caminhões e ônibus. O P8 terá início para novos modelos de veículos da linha pesada a partir de janeiro de 2022 e para todos os novos veículos, em janeiro de 2023. Equivalente às regras do Euro 6, o programa visa abranger principalmente melhorias em motores.

Os compressores de ar WABCO são reconhecidos no mercado mundial pela sua robustez, durabilidade e eficiência. Com tecnologia sofisticada, os compressores da marca incluem componentes altamente resistentes e bem mais leves, contribuindo para reduzir o peso total do veículo. O cabeçote é produzido com material resistente à carbonização. Com menos carbonização na superfície do pistão, o bloco e a lâmina de admissão não correm o risco de sofrer danos. Além disso, tem baixo consumo de óleo. A marca também conta com compressor de ar com embreagem, além de unidade eletrônica para processamento de ar, que permitem ampliar significativamente a economia no consumo de combustível do veículo e, consequentemente, levam à redução de emissões. Os compressores de ar WABCO trabalham efetivamente para que motores atinjam a meta de redução de emissões e a marca está pronta para atender a demandas de aplicação no Brasil.

MINICURSO

O minicurso “Evolução das tecnologias nos sistemas de freios”, marcado para 19 de novembro de 2021, sexta-feira, às 15h30, será ministrado por Bruno Guisolphe Ferreira, engenheiro mecânico da área de vendas técnicas da divisão de Sistemas de Controle para Veículos Comerciais da ZF no Brasil. O especialista falará sobre a evolução das principais soluções e componentes dos sistemas de freios para veículos comerciais pesados: sistema de freio antitravamento de rodas (Anti-Lock Braking Systems – ABS), sistema eletrônico de frenagem (Electronic Braking System – EBS), compressor de ar, suspensão pneumática controlada eletronicamente (Electronically Controlled Air Suspension – ECAS), além de sistemas avançados para assistência ao motorista (Advanced Driver-Assistance Systems – ADAS). Inscrições: https://www.sympla.com.br/minicursos–15-colloquium-internacional-sae-brasil-de-freios-e-controle-de-movimentos__1388650.

As soluções WABCO estão presentes mundialmente em caminhões, ônibus e semirreboques, inclusive para veículos especiais como rodotrens, bitrens e demais configurações brasileiras. A marca tem produtos desenvolvidos para atender a diferentes requisitos técnicos de modelos de veículos brasileiros. O portfólio da ZF conta com produtos imprescindíveis para a segurança veicular, para o conforto e a eficácia do motorista e para a eficiência no transporte de passageiros ou carga.

Caio Fattori

Caio Fattori é coordenador de marketing e de inteligência de mercado da divisão de Sistemas de Controle para Veículos Comerciais da ZF no Brasil. Formado em engenharia mecânica pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, atua no mercado automotivo desde 2016, quando iniciou sua carreira na WABCO, empresa adquirida pela ZF em 2019. Trabalhou como engenheiro de vendas atendendo a principais montadoras de caminhões e ônibus. Em 2019, passou para a área de inteligência de mercado, e especializou-se em tecnologias WABCO para frenagem e controle de movimento de caminhões, ônibus e semirreboques.

Bruno Guisolphe Ferreira

Bruno Guisolphe Ferreira é engenheiro mecânico da área de vendas técnicas da divisão de Sistemas de Controle para Veículos Comerciais da ZF no Brasil. É formado pela Unisal – Centro Universitário Salesiano. Atua no mercado automotivo desde 2012. Especializou-se em produtos WABCO, principalmente em sistemas para assistência ao motorista e tecnologias para frenagem de caminhões, ônibus e semirreboques. Atualmente, atende a sistemistas e montadoras de veículos comerciais pesados.

Serviço

Dias 17 e 18 de novembro de 2021, quarta e quinta-feira

Dia 18 de novembro de 2021, quinta-feira, às 15h20

  • Painel “Desafios perante as novas legislações de freios e de controle de movimentos”, com Caio Fattori

Dia 19 de novembro de 2021, sexta-feira, às 15h30, na sala 2

Sobre a ZF

A ZF é uma empresa global de tecnologia e fornece sistemas para carros de passeio, veículos comerciais e tecnologia industrial, contribuindo para a próxima geração da mobilidade. A ZF permite que os veículos vejam, pensem e ajam. Por meio dos quatro campos de tecnologia, sendo Controle de Movimento de Veículos, Segurança Integrada, Condução Automatizada e Mobilidade Elétrica, a ZF oferece soluções abrangentes para montadoras de veículos estabelecidas e provedores de serviços de transporte e mobilidade emergentes. A ZF eletrifica uma ampla variedade de veículos. Com seus produtos, a empresa contribui para reduzir as emissões, protegendo o clima e aumentando a segurança na mobilidade. Com receita de 32,6 bilhões de euros em 2020, a ZF conta com mais de 150.000 colaboradores em aproximadamente 270 localidades em 42 países.

Contatos para imprensa:
Printec Comunicação
Eleni Rocha, assessora de imprensa: eleni.rocha@printeccomunicacao.com.br, +55 11 99274 9761
Vanessa Godoy, assessora de imprensa: vanessa.godoy@printeccomunicacao.com.br

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO