Segmento escolar ganha ônibus elétrico 100% brasileiro

Dois modelos produzidos a partir da parceria da Eletra e Caio serão apresentados no C-Move Brasília amanhã
Segmento escolar ganha ônibus elétrico 100% brasileiro

Em parceria com a Caio, a Eletra inova e lança os primeiro ônibus elétricos 100% brasileiros destinados ao segmento escolar. Duas unidades produzidas pela companhia na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, serão apresentadas no C-Move Brasília, que acontece na terça-feira, 19, e quarta-feira, 20.

Com 9,6 m de comprimento, um dos modelos tem chassi Volkswagem, carroceria Foz Super da Caio, motores e baterias WEG, capacidade para 41 passageiros sentados e uma vaga para cadeirante. Sua autonomia é de 120/140 km, com recarga em movimento (recarga regenerativa) e ar-condicionado.

LEIA MAIS

Na presença de Lula, Eletra confirma investimento de R$ 150 milhões

O outro tem 11,3 m, chassi Mercedes-Benz, a mesma carroceria da Caio, motores e baterias WEG e capacidade para 52 passageiros, além de espaço para uma cadeira de rodas. Tem autonomia de 110/120 km, com recarga em movimento, e ar-condicionado.

Com tecnologia de tração elétrica e integração Eletra 100% nacional, os novos ônibus elétricos visam preencher uma lacuna no segmento de transporte, que até então não contava com produtos do gênero no segmento escolar.

Conforme comunicado divulgado nesta segunda-feira, 18, uma frota de 100 ônibus escolares elétricos rodando por 1 ano deixa de emitir 1.065,94 toneladas de CO² na atmosfera, o que contribui com as metas internacionais de controle da poluição e saúde das crianças.

A fábrica da Eletro no ABC paulista, inaugura em 2022, tem capacidade de produzir 150 ônibus elétricos/mês, ou até 1.800/ano, podendo aumentar essa produção em 50%, dependendo da demanda.

Fonte: AutoIndústria – Foto: Divulgação/Eletra

Programa EMPRESA AMIGO DO VAREJO