Produção de motocicletas anota o melhor fevereiro desde 2014

Segmento fecha o primeiro bimestre com alta de 15%
Produção de motocicletas anota o melhor fevereiro desde 2014

Apesar de um mês com menor número de dias úteis, a produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM) anotou o melhor fevereiro dos últimos dez anos. De acordo com os dados consolidados pela Abraciclo, saíram das linhas de montagem 139,7 mil unidades, volume estável em relação a janeiro, com leve baixa de 1%, mas 14,8% na comparação o registrado com o mesmo período do ano passado, quando chegou a 121,7 mil.

No primeiro bimestre, as atividades acumularam perto de 281 mil motocicletas, crescimento de 14,9% sobre as 244,6 mil unidades produzidas há um ano.

LEIA MAIS

→Produção de motos tem melhor janeiro em uma década

→Produção de motos em 2023 é a maior em 11 anos

Para Marcos Bento, presidente da associação que representa os fabricantes da indústria de duas rodas, o resultado apresentou resultado bastante positivo. “Comprova o esforço das fabricantes em aumentar a produtividade para atender à crescente demanda do mercado.”

A projeção da Abraciclo é de produzir 1,69 milhão de motocicletas em 2024, volume que se realizado representará alta de 7,4% sobre o exercício de 2023.

Na ponta do consumo, foram licenciadas 136,3 mil motocicletas em fevereiro, vendas 4,9% menores em relação a janeiro, com 143,3 mil emplacamentos, mas 35,5% superiores sobre o registrado há um ano, de 100,6 mil unidades negociadas. No ano, as entregas alcançaram 279,6 mil motos, 32,4% maior que as 211,1 mil vendidas há doze meses.

As exportações somaram no mês passado, quase 2,8 mil unidades, o que representou alta de 11,8% no confronto com janeiro, mas queda de 12,8% em relação a fevereiro do ano passado. No primeiro bimestre, as fabricantes do PIM embarcaram perto de 5,3 mil motocicletas, remessas 29,2% inferiores às dos dois primeiros meses de 2023, quando somava 7,4 mil unidades.

Fonte: AutoIndústria – Foto: Yamaha/Divulgação

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGO DO VAREJO