Marcopolo Attivi inicia cronograma de demonstrações pelo País


Ônibus elétrico da Marcopolo valoriza a expertise da engenharia automotiva brasileira que desenvolveu modelo robusto e adequado para o mercado nacional
Marcopolo Attivi inicia cronograma de demonstrações pelo País

Com capacidade de fabricar até 1.000 ônibus elétricos em um ano, de acordo com a demanda do mercado, a Marcopolo inicia o cronograma de operações das primeiras unidades do Attivi Integral, ônibus elétrico com chassis e carroceria desenvolvidos pela marca. O projeto avança para a fase de demonstrações em diferentes cidades do país e reforça a alta capacidade produtiva da indústria, graças a expertise da engenharia nacional.

Os modelos vão contar com configurações diferenciadas e adaptáveis, capazes de atender às condições de operação e durabilidade exigidas pelas cidades brasileiras que buscam por soluções sustentáveis de mobilidade. Nos próximos meses, estão previstas operações assistidas em outras cidades brasileiras. O Attivi Integral já passou por testes em Goiânia (GO), Salvador (BA) e Angra dos Reis (RJ).

“O veículo consolida o desenvolvimento de uma solução completa de mobilidade urbana sustentável, com planos de serviços, atendimento pós-vendas e peças de reposição, incluindo sistema de recarga e manutenção das baterias. Além disso, não podemos deixar de reforçar que é um projeto que estimula a contratação de mão de obra local, por ser feito integralmente por uma indústria nacional”, explica Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais Mercado Interno e Marketing da Marcopolo.

Entre os mercados estratégicos para a circulação do Attivi, está a cidade de São Paulo, que planeja implantar uma frota de 2,6 mil ônibus elétricos em 2024 e, de forma gradativa, substituir os cerca de 15 mil veículos movidos a diesel que circulam pela cidade.

“Como principal fabricante brasileira de ônibus, reforçamos que estamos prontos para suprir às necessidades de transporte coletivo eletrificado de conglomerados urbanos. O Attivi Integral é uma solução que prioriza o uso de componentes nacionais e que conta com a tradição e confiança de uma marca que está no mercado há mais de 70 anos”, pontua Portolan.

A produção do Attivi Integral está alinhada com a estratégia da Marcopolo, que tem a eletromobilidade como uma das principais iniciativas para contribuir com a descarbonização do transporte coletivo mundial. Atualmente, são 370 ônibus elétricos e hídricos, feitos com chassis de parceiros, rodando pela Argentina, Austrália, Índia e Brasil. No território nacional, eles circulam nas cidades de Bauru, Campinas, São José dos Campos, Santo André e São Paulo (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Vitória (ES), Fortaleza (CE), Maringá (PR) e Volta Redonda (RJ).

Ficha Técnica Attivi

  • Chassi Integral Low Entry com capacidade total de 20,6 mil kg
  • Capacidade – até 80 passageiros
  • Autonomia de até 250 km e Tempo de Carga de até 4 horas
  • Modelo de Plug de carregamento utilizado no chassi PLUG CCS 2
  • Motor de tração Central com potência de 395 KW e torque de 2800Nm
  • Capacidade do Eixo Dianteiro – 7,6 mil kg
  • Capacidade do Eixo Traseiro 13,0 mil kg
  • Comprimento – até 13 m
  • Largura – 2,55 m
  • Freios a disco com ABS/EBS (Door Brake)
  • Direção eletro-hidráulica
  • Suspensão pneumática

Sobre a Marcopolo

Fundada há 73 anos em Caxias do Sul (RS), a Marcopolo é líder na fabricação de carrocerias de ônibus no Brasil e posiciona-se entre as maiores fabricantes do mundo. A companhia está comprometida com o futuro da mobilidade, atenta ao desenvolvimento de novos modais, além de investir de forma contínua em aprimoramento, tecnologia, design e expansão, produzindo soluções que contribuem para o desenvolvimento do transporte coletivo de passageiros. Com fábricas nos cinco continentes, os veículos produzidos pela empresa rodam nas estradas de mais de cem países.

Contatos para a imprensa
José Carlos Secco
Secco Consultoria de Comunicação
55 11 99932-6258
jcsecco@secco.com.br

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO