BMW começa a fabricar este mês a R 1300 GS em Manaus


Planta produzirá outros três modelos até 2025
BMW começa a fabricar este mês a R 1300 GS em Manaus

Por George Guimarães

As 14,1 mil motocicletas vendidas em 2023, número inédito na história da marca no Brasil, e a perspectiva de mercado interno novamente em crescimento este ano estão confirmando o acerto da BMW com a operação industrial local, a primeira exclusiva de motos fora da Alemanha.

O reconhecimento do Grupo BMW pelos resultados estão se materializando nos últimos meses na forma de expansão física e da capacidade produtiva de 15 mil para 17 mil unidades anuais da fábrica de Manaus, AM, frutos de investimento de R$ 50 milhões.

Outra parte desse prestígio é a drástica ampliação do portfólio de produtos fabricados localmente. Serão mais sete modelos até 2025. Três deles — a F 900 R, S 1000 RR e o scooter C 400 X — estão no mercado há alguns meses.

O  quarto desembarcará nas revendas já no segundo trimestre: a R 1300 GS. As primeiras unidades do modelo, entretanto, começarão a sair da linha de montagem ainda este mês.

LEIA MAIS

→ BMW Motorrad apura recorde de vendas em 2023

Lançada mundialmente em setembro como parte das comemorações do centenário da BMW Motorrad, a big trail terá missão de manter a marca no topo do segmento.

A R 1300 GS tem desenho quase que integralmente renovado, é 12 quilos mais leve do que a antecessora R 1250 GS e tem novo motor 1.300 cc de 145 cavalos de potência máxima, o mais potente boxer já produzido em série pela marca alemã. “Mais uma vez, vamos surpreender a concorrência”, arrisca a dizer Julian Mallea, CEO da BMW Motorrad Brasil, sobre a nova moto.

Fonte: AutoIndústria

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO