Venda de implementos acumula alta próxima a 40%


Setor já emplacou mais de 134 mil unidades e fechará 2021 com o melhor resultado em sete anos (Mário Curcio, para AB)
Venda de implementos acumula alta próxima a 40%

Os implementos rodoviários somaram em outubro 13,3 mil unidades vendidas, o que resultou em uma pequena queda de 2,3% na comparação com setembro, que teve um dia útil a mais. Já a média diária de vendas subiu de 636 para 665 unidades nesse intervalo. No acumulado do ano já foram entregues 134,2 mil equipamentos, uma alta de 38,2% sobre o mesmo período do ano passado. 

Os números foram divulgados na terça-feira, 9, pela Anfir, associação que reúne os fabricantes do setor. O acumulado até outubro mostra que a venda anual vai passar das 160 mil unidades e atingir seu maior volume desde 2014. O setor também vai ultrapassar a projeção anual de 156 mil implementos, refeita há apenas dois meses pela Anfir.

“Esse resultado de dez meses deixa claro como o setor está conseguindo superar os obstáculos que têm surgido em sua jornada de recuperação”, afirma o presidente da entidade, José Carlos Spricigo, referindo-se a problemas com insumos como chapas de aço e pneus, por exemplo.

Reboques e semirreboques superam 75 mil unidades

Os reboques e semirreboques somaram até outubro 75,2 mil emplacamentos, registrando alta de 40,2% sobre o mesmo período do ano passado. Dentro dessa divisão, os implementos basculantes permanecem como o principal segmento em volume. Nestes dez meses foram emplacadas 20,4 mil unidades, revelando aumento de 51,8% pela comparação interanual.

Os implementos graneleiros/para carga seca cresceram menos, 18,2%, mas permanecem como o segundo maior em volume, com a entrega de 14,4 mil unidades no período.

Entre os equipamentos para o agronegócio, a menor alta anotada (15,3%) ocorreu nos canavieiros, com pouco mais de 1,5 mil emplacamentos. A venda de equipamentos para transporte de toras mantém o maior crescimento, 150,6% pela comparação interanual. Até outubro foram 1,9 mil unidades.  

Os baús para carga geral continuam apontando uma boa movimentação na indústria e varejo, com 8,8 mil unidades licenciadas e crescimento de 66,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Venda de carrocerias sobre chassi cresce acima de 35%

Nestes dez meses a indústria local entregou 59 mil carrocerias sobre chassi, anotando alta de 35,8% sobre o mesmo período de 2020. A venda desses equipamentos continua indicando a recuperação ou bom momento para diferentes setores da economia.

Somente de baús de alumínio/frigoríficos (usados no varejo e no transporte de perecíveis) foram entregues 25 mil unidades, 30% a mais que nos mesmos dez meses do ano passado. Os basculantes (para construção civil) anotaram crescimento de 44,5%, com 6,1 mil emplacamentos. A venda de betoneiras cresceu mais de 100%, com 1,3 mil equipamentos entregues. 

A Anfir também divulgou as exportações dos associados, com 3,6 mil unidades e alta de 129%, mas neste caso o número traz o acumulado apenas até setembro.

Fonte: Automotive Business

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO