Representantes do setor automotivo pedem prorrogação do Rota 2030


O texto é assinado por Marcus Vinicius Aguiar, Márcio de Lima Leite e Cláudio Sahad, presidentes das respectivas Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças)
Representantes do setor automotivo pedem prorrogação do Rota 2030

Por meio de uma carta, representantes de entidades do setor automotivo apelam a Lula, Geraldo Alckmin, Fernando Haddad e Rui Costa pela prorrogação do Rota 2030. O programa se encerra neste mês de dezembro.

O texto é assinado por Marcus Vinicius Aguiar, Márcio de Lima Leite e Cláudio Sahad, presidentes das respectivas Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).

No documento, os presidentes enaltecem o programa do governo, dizem ter participado das discussões para a nova fase do Rota 2030 (ou Mobilidade Verde – Mover) e destacam ter “expectativa de que o texto a ser publicado preserve o que foi consensado com as entidades participantes”. O texto ressalta ainda “a importância” de se seguir com o programa.

“A interrupção de tão importante política pública, sem programa sucessor, não apenas interromperá ciclo virtuoso do Estado brasileiro em fomentar este importante setor da indústria brasileira, como comprometerá os investimentos previstos em toda a cadeia, e impactará as operações do setor que, desde a pandemia, tem encontrado dificuldades em retomar seu pleno potencial”, afirmam.

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO