Produção de motos cai em abril, mas desempenho é positivo no ano


Foram fabricadas 439.817 unidades no primeiro quadrimestre, alta de 22,3% sobre o mesmo período de 2021
Produção de motos cai em abril, mas desempenho é positivo no ano

As fabricantes de motocicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus, PIM, desaceleraram as linhas em abril com relação a março, mas seguem com números positivos no acumulado do ano. A produção chegou a 439.817 unidades no primeiro quadrimestre, uma alta de 22,3% sobre as 359.621 dos primeiros quatro meses de 2021.

Em abril foram fabricadas 112.678 motocicletas, 17,4% a menos do que no mês anterior (136.350 unidades) e volume 7,8% inferior ao do quarto mês do ano passado (122.220 motocicletas). Ao divulgar os números, o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, lembrou que abril teve menos dias úteis,afirmando que a indústria opera dentro da normalidade e conforme o planejamento anual111:

“As unidades fabris cumprem seus programas de produção. Com isso, mantemos nossa expectativa de produzir 1,29 milhão de unidades em 2022, com crescimento de 7,9% sobre 2021”.

Conforme já havia antecipado a Fenabrave, o número de motos emplacadas no quadrimestre chegou a 380 mil, volume 27,4% superior ao do mesmo período do ano passado (3o0 mil). “A maior demanda por motos é um movimento que começou com a pandemia, como opção para  fugir da aglomeração do transporte público ou como instrumento de trabalho, atuando nos serviços de entrega”, comentou Fermanian. “Mais recentemente, tem os consumidores que escolheram o modal para driblar a alta constante nos preços dos combustíveis”.

LEIA MAIS

Segmento de motos acelera 27,4% no quadrimestre

As motos de baixa cilindrada (até 160 cc) responderam em abril por 83,3% do total comercializado no mercado. Em segundo lugar, ficaram os modelos de 161 a 449 cilindradas, que tiveram 14.618 unidades licenciadas e 13,6% de participação. As motocicletas acima de 450 cilindradas totalizaram 3.374 licenciamentos, o que representa 3,1% do mercado.

A média diária de vendas em abril, que teve 19 dias úteis, foi de 5.669 unidades. Apesar da menor quantidade de dias úteis no período, esse foi o melhor resultado para o mês desde 2014, quando foram emplacadas 6.087 motocicletas. Na comparação com março, que teve três dias úteis a mais, foi registrada alta de 13,3% (5.002 unidades vendidas/dia). Em relação ao mesmo mês do ano passado, com 20 dias úteis, a aumento foi de 19,8% (4.733 motocicletas emplacadas/dia).

Ao contrário do mercado interno, as exportações do setor estão em baixa. Houve  14.533 embarques no quadrimestre, o que corresponde a uma retração de 16,7% na comparação com o mesmo período do ano passado (17.441 motocicletas).

Fonte: AutoIndústria – Foto: Divulgação/BMW

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO