Picapes ampliam participação no mercado interno


Licenciamentos cresceram 24%, duas vezes a média do mercado de automóveis e comerciais leves
Picapes ampliam participação no mercado interno

Por George Guimarães

Com importantes lançamentos como a Chevrolet Montana, RAM Rampage e a nova geração da Ford Ranger, as picapes consolidaram-se como o terceiro maior segmento do mercado total de automóveis e comerciais leves em 2023. Os comerciais ficaram atrás somente dos SUVs e dos hatches pequenos ao ultrapassarem 403 mil licenciamentos.

Considerando modelos compactos, médios e grandes, as picapes responderam por 18,5% das vendas totais do ano passado, contra 16,5% da participação registrada em 2022.

Em igual comparativo, os emplacamentos do segmento cresceram 24%, mais do que o dobro da média do mercado e bem acima do avanço de 13% dos SUVs, que somaram 782,3 mil unidades e mais uma vez lideraram as vendas. Evolução maior do que as das picapes só a dos hatches pequenos, que avançaram 35%, para 475,3 mil.

Dentre os dez modelos mais vendidos no País em 2022, somente Chevrolet S10, Mitsubishi L200 e Nissan Frontier registraram vendas menores no ano passado. A Chevrolet, porém, teve uma excelente compensação: viu a nova geração da Montana encerrar o ano na 5ª colocação.

Agora com maior porte, a picape lançada em fevereiro alcançou 30 mil licenciamentos e, com as 26 mil unidades da irmã maior S10, levou a General Motors a ocupar a segunda posição no ranking de marcas, atrás somente da Fiat, que mais uma vez dominou o segmento com 171,9 mil unidades, 42,6% de participação.

As dez picapes mais vendidas 
(em mil unidades)

Fiat Strada120,6
Fiat Toro51,3
Volkswagen Saveiro46,6
Toyota Hilux46,2
Chevrolet Montana30,0
Chevrolet S1026,0
Ford Ranger20,3
Renault Oroch12,7
Mitsubishi L20012,6
RAM Rampage8,6

O resultado da Fiat é a somatória da Strada, que atingiu 120,6 mil licenciamentos e foi mais uma vez o veículo mais vendido do Brasil, com as 51,3 mil unidades da Toro, considerada concorrente direta da Montana, mas que “não tomou coincidência” da  novata.

A veteraníssima Volkswagen Saveiro foi a maior surpresa de 2023 no que se refere às vendas. Com ligeiras modificações estéticas e técnicas na linha 2024, conseguiu o feito de dobrar os licenciamentos com relação ao ano anterior, para 46,6 mil unidades.

LEIA MAIS

→ Os carros que mais dependeram das vendas diretas em 2023

→ Eletrificados dobram licenciamentos e já representam 4,3% do mercado interno

Em nova geração, a Ranger cumpriu papel ainda mais importante dentro da Ford. A picape tornou-se o principal produto de vendas da marca desde o encerramento da produção de automóveis na Bahia. Fabricada na Argentina, a picape atingiu 20,3 mil emplacamentos ante 14,3 mil em 2022 e, sozinha, respondeu por 70% das vendas da Ford no País.

Outra recém-chegada ao segmento, a RAM Rampage encerrou o ano como a 10ª picape mais vendida do País, mesmo com apenas, de fato, três meses de vendas. O modelo fabricado em Goiana, em Pernambuco, acumulou 8,6 mil licenciamentos, suplantando Nissan Frontier e Volkwagen Amarok.

Fonte: AutoIndústria – Foto: Divulgação

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO