Nakata destaca procedimentos de substituição de juntas homocinéticas


Ferramentas universais e outras específicas, além de conhecimento técnico, são importantes para a realização do serviço de troca da peça
Nakata destaca procedimentos de substituição de juntas homocinéticas

Responsáveis por transmitir a força do motor para as rodas, fazendo, com que elas girem e o carro se movimente e parte do sistema de transmissão do veículo, as juntas homocinéticas requerem alguns cuidados na hora da manutenção.

A Nakata, fabricante de autopeças com amplo portfólio, explica que há várias configurações de eixo homocinética, porém as mais conhecidas são junta fixa, que conta com movimento angular de até 50°, junta deslizante, que realiza movimento angular até 22° e telescópico de até 45 milímetros. Outro modelo é o que usa junta fixa e tulipa com tripeça no lugar da deslizante. Sua maior vantagem é articular até 25° e ter movimento telescópico de até 55 milímetros.

Alguns modelos têm uma mola dentro da tulipa, próximo à ponta do semieixo, neste caso, é preciso ter atenção ao seu posicionamento, pois se escapar pode fazer estragos. Há ainda um modelo com duas juntas deslizantes, utilizados nos sistemas de tração traseira em veículos comuns que não esterçam as rodas. Já existe no mercado também o modelo que o movimento telescópico é feito pelo próprio semieixo.

Para fazer a substituição das juntas homocinéticas, além das ferramentas universais, também são necessárias algumas especiais, como sacador da junta no cubo, sacador da junta no eixo, alicate para fechar a abraçadeira, alicate de bico para as travas, extrator do pivô e terminal e o torquímetro. Por isso, é importante, antes de iniciar a desmontagem, verificar se há todas as ferramentas necessárias, além de ter conhecimento técnica e ter a peça adequada ao veículo. Isto pode ser conferido na etiqueta da embalagem ou no catálogo eletrônico da Nakata (www.catalogonakata.com.br).

Outro ponto importante é que a maioria das juntas deslizantes e tripeças são presas por anel trava e para removê-las basta retirar o anel e bater levemente com martelo de borracha. Após a desmontagem das duas juntas, o eixo deve ser limpo e as condições do estriado e empeno avaliadas.

Esta e outras dicas de manutenção podem ser conferidas no canal YouTube da Nakata no link: https://www.youtube.com/watch?v=6Z3g6KwVA44.

Sobre a Nakata – Com 70 anos, a Nakata, marca da Frasle Mobility referência na fabricação de autopeças para o mercado de reposição, é líder em componentes de suspensão para veículos leves, pesados e motocicletas. Com pioneirismo, qualidade e compromisso com o mercado, se tornou reconhecida pela alta performance de seus produtos e elevado padrão de serviços, atendendo o mercado nacional e exportação, com linhas completas para sistemas de frenagem, transmissão, direção e suspensão.

Mais informações
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
Majô Gonçalves – MTB 24.475
versocomunicacao@uol.com.br
Solange Suzigan
versocomunicacao1@uol.com.br
(11) 4102-2000 / 99905-7008
www.versoassessoriadeimprensa.com.br
https://www.facebook.com/verso.assessoria

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO