Kia aposta em SUVs eletrificados para retomar terreno no Brasil


Em 2022 chegam versões híbridas de Niro e Sportage e o elétrico EV6 (Pedro Kutney, AB)
Kia aposta em SUVs eletrificados para retomar terreno no Brasil
EV6 já está em processo de homologação para ser o primeiro elétrico da Kia no Brasil: chega até maio

Com o lançamento esta semana do SUV compacto híbrido leve do Stonic, a Kia quer iniciar uma nova fase no mercado brasileiro. A marca coreana já vendeu mais de 80 mil carros por ano no Brasil, mas após uma década de declínio com sobretaxação de veículos importados, imposto alto e dólar caro, nem deve chegar a emplacar 5 mil unidades em 2021. 

Segundo José Luiz Gandini, presidente da Kia Brasil, já estão em processo de homologação mais dois SUVs híbridos, sendo o próximo uma versão do Sportage, mais adiante virá o Niro, e até maio a expectativa é começar a vender o EV6, 100% elétrico. Também está nesse processo o Seltos, uma versão Kia do Hyundai Creta, construído sobre a mesma plataforma M20 do Stonic, mas este deve ser vendido só com motor a combustão.

“A Kia renovou sua marca no ano passado e vamos ter uma gama completamente nova de produtos, incluindo híbridos e elétricos que nos colocam no segmento premium do mercado. Com o Stonic estamos iniciando essa nova fase da marca no País com boas perspectivas de voltar a crescer”, afirma José Luiz Gandini.

Para o diretor comercial Ancelmo Borgheti, a Kia já poderia ter o dobro do market share atual se não fossem as dificuldades logísticas para trazer os carros da Coreia e limitações da produção causadas pela falta de semicondutores. Da encomenda inicial de 1,2 mil unidades do Stonic para o Brasil, só chegaram 150, por exemplo. “O Stonic sozinho tem potencial para dobrar as vendas da Kia no Brasil”, destaca.

Seltos, a versão Kia do Hyundai Creta, deve ser lançado em 2022

Fonte: Automotive Business

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO