Categories • Automotivas

NSK destaca os principais cuidados para a manutenção dos rolamentos abertos

Os rolamentos do tipo aberto têm uma grande aplicação na indústria em geral, incluindo setores como o alimentício, papel e celulose, sucroenergético, siderurgia, agrícola, sistemas eólicos, ferramentas, construção civil, petroquímico, sistemas de transmissão e automotivos, entre outros. Diante da sua importância para o mercado, o Engenheiro de Aplicações da NSK, Anderson Ferreira, destaca alguns cuidados fundamentais na hora de fazer a manutenção corretiva para evitar futuras falhas.

De acordo o especialista, este tipo de peça tem como uma de suas características o baixo torque de atrito, sendo mais adequado para operações que requerem baixo ruído e vibração e alta velocidade de rotação. Além disso, é indicado para processos mais agressivos, onde a lubrificação é constante, já que permite a inserção de graxa ou a operação com sistemas de lubrificação a óleo.

O engenheiro explica que, apesar de serem fabricados com aço de alta qualidade, o manuseio deve ser feito com cuidado.

”Os rolamentos abertos são componentes frágeis e mais suscetíveis às contaminações. Por isso, devem ser mantidos em lugares limpos, secos e dentro de suas embalagens originais até o momento da instalação”.

Entre as principais contaminações, alerta para as borras, os cavacos, a umidade e os agentes corrosivos. As causas dependem da aplicação, mas normalmente são oriundas do desgaste. Confira algumas dicas do engenheiro da NSK para evitar problemas:

Principais cuidados

Atenção especial nos processos de manuseio, instalação e aplicação. Para minimizar os efeitos que reduzem o desempenho dos rolamentos é necessário utilizar sistemas de monitoramento da contaminação no óleo ou na graxa, contagem de partículas, verificação da umidade por titulação, entre outros.

Prazo para limpeza

Depende do projeto, do equipamento e da recomendação do fabricante da máquina, mas uma regra sempre é válida: trocar o componente quando detectar ruído elevado ou grande nível de contaminação, como cavacos ou resíduos sólidos, por exemplo.

Manutenção do material

– Limpar todo o conjunto em contato com o rolamento, removendo cavacos, resíduos de lubrificante (óleo ou graxa), antes de instalar o componente novo.

– Trocar o lubrificante de acordo com o plano de manutenção do equipamento, lembrando que o mesmo deve ser armazenado em local limpo e seco. 

– Durante a troca do rolamento, mantê-lo em sua embalagem original e utilizar ferramentas adequadas e isentas de contaminação (pó, cavacos, borras, umidade, etc.) para a instalação.

Como proceder em casos de contaminação?

– Primeiramente, deve-se drenar o lubrificante dos sistemas e descartá-lo de forma correta, seguindo as legislações ambientais.

– Na sequência, efetuar a limpeza do conjunto e das contrapeças em contato com o rolamento. Para isso, utilize um pano que não solte fragmentos (fiapos) umedecido em querosene (limpa) ou um removedor recomendado pelo fabricante do equipamento.

– Para conjuntos onde existe sistema de lubrificação central, deve-se limpar todo o sistema e o novo lubrificante dever estar isento de contaminações antes da inserção.

– Verificar os sistemas auxiliares de bombeamento e dutos, caso existam pontos contaminados, o sistema pode arrastar essa contaminação e comprometer toda a limpeza efetuada previamente.

– Checar também os sistemas de vedação externa e efetuar as trocas, caso estejam desgastados, seguindo sempre a recomendação do fabricante do equipamento. Caso não tenha essa informação, entre em contato com a Engenharia de Aplicação da NSK.

– Acompanhar o nível de contaminação por técnicas preditivas, por exemplo, contagem de partículas, que vale para o rolamento a ser acompanhando por análise de vibração, inspeção visual, entre outras técnicas.

– Para concluir, a dica primordial é manter o rolamento armazenado em local limpo, seco e protegido de contaminações externas e somente remover o invólucro plástico no ato da instalação. Isso vale tanto para ferramentas de instalação quanto para o lubrificante que será utilizado.

Sobre a NSK

A NSK é uma das líderes mundiais na fabricação de rolamentos, tecnologia linear e sistemas de direção. Da indústria ao setor automotivo, suas dezenas de soluções, peças e serviços fazem parte do dia a dia das pessoas. A empresa está no Brasil desde a década de 70, com fábrica instalada na cidade de Suzano, em São Paulo, e atende diferentes mercados com qualidade comprovada pelas certificações ISO 9001, ISO/TS 16949 e ISO 14001.

Informações
KB! COM
Priscila Palacio
priscila@kbcomunicacao.com.br
(11) 4332-9808 / (11) 97112-5840

You May Also Like