Categories • Automotivas

Kia Sportage e picape da Great Wall tiram zero no Latin NCAP

Em menos de um mês, o Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe, o Latin NCAP, divulgou a terceira rodada de testes de colisão. Primeiro foram as cinco estrelas do VW Taos junto da nota zero de Argo/Crono, depois as duas estrelas do Peugeot 208, agora é a vez de uma dupla oriental, o Kia Sportage e a picape Great Wall Wingle 5, ambos com nota zero. 

Fabricado na Coreia do Sul e equipado com apenas dois airbags laterais e sem controle eletrônico de estabilidade (ESC), o Sportage até que teve um bom desempenho em impacto frontal e lateral para os adultos, mas a falta dos airbags laterais impediu que conquistasse mais estrelas. É bom lembrar que a versão básica do SUV vendido no Brasil também tem apenas dois airbags, mas vem equipado com ESC. 


– LEIA TAMBÉM
Produção da Great Wall em Iracemápolis começará em 2023
Peugeot 208 tira duas estrelas no Latin NCAP; Tucson leva zero
Taos é o primeiro 5 estrelas no novo protocolo Latin NCAP; Argo e Cronos tiram nota zero
Renault Duster tira nota zero na avaliação de segurança do Latin NCAP


A estrutura da cabine foi considerada estável, porém a área dos pés foi classificada como instável. A proteção para as crianças mostrou-se pobre porque a Kia se recusou a recomendar os sistemas de retenção infantil (SRIs) para os testes.

No geral, o modelo atingiu 48,15% na proteção para os adultos, 14,87% para crianças, 57,64% para pedestres e 6,98% nos sistemas de assistência à segurança.

O Latin NCAP afirma que sugeriu que a Kia se oferecesse para avaliar versões mais bem equipadas para mostrar aos consumidores os benefícios de mais equipamentos de segurança, mas a marca recusou a oferta.

“É muito decepcionante que um grupo de fabricantes de veículos tão importantes como Hyundai-Kia ofereça um desempenho de segurança tão baixo para equipamentos de segurança padrão para consumidores latino-americanos. Os consumidores dos mercados de economias maduras obtêm deste mesmo fabricante segurança de ponta nos mesmos modelos e, muitas vezes, a preços mais baixos do que na América Latina”, disse Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.

Picape chinesa da Great Wall decepcionou

Outro modelo que também decepcionou no crash test com a nota zero foi a picape Wingle 5, importada da China. Apesar de não ser comercializada no Brasil, ela é produzida pela Great Wall, montadora chinesa que comprou a antiga fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis (SP) para produzir SUVs e picapes para abastecer tanto o mercado brasileiro quanto para se tornar um polo de exportação para a América do Sul.

Por ter apenas dois airbags frontais e não ser equipada com controle de estabilidade, a unidade testada tinha pouca possibilidade de obter uma boa pontuação, já que o novo protocolo do Latin NCAP, adotado em 2020, estabeleceu limites bem mais rigorosos de proteção.

Picape Wingle 5 é vendida pela Great Wall em alguns mercados sul-americanos

Na avaliação final, a picape atingiu 9,31% de proteção para os adultos, 0% para crianças, 19,48% para pedestres e 0% em sistemas de assistência à segurança. “O modelo apresentou baixo desempenho no impacto frontal com a cabeça, pescoço e tórax vermelhos para o motorista e tórax vermelho para o passageiro, mostrando uma alta probabilidade de ferimentos com risco de vida para ambos os ocupantes adultos, o que resultou em zero ponto neste teste”, detalhou o relatório do Latin NCAP.

A entidade explicou ainda que a Wingle 5 levou zero nos critérios de proteção às crianças porque a Great Wall se recusou a recomendar os SRIs para os testes e principalmente porque o veículo tinha um cinto de segurança de dois pontos padrão na posição central do banco traseiro. 

O Latin NCAP disse que informou à montadora chinesa sobre o teste do Wingle 5, mas que “o fabricante não respondeu nem tentou entrar em contato com o Latin NCAP”.

A rodada de testes contou ainda com avaliação do Hyundai Novo Accent, fabricado na Índia e no México e vendido em alguns mercados da América do Sul, que ganhou zero estrela.

Fonte: Automotive Business

You May Also Like