Cibersegurança auxilia empresas na proteção do ambiente digital contra ataques virtuais


“Mercado & Perspectivas” entrevista diretor da Trend Micro para América Latina; ouça
Cibersegurança auxilia empresas na proteção do ambiente digital contra ataques virtuais
Marca fornece soluções aos pequenos negócios que não contam com suporte completo de TI, e serviços mais complexos para grandes empresas (Arte: TUTU)

No episódio desta semana, Mercado & Perspectivas, podcast da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), traz entrevista com César Candido, diretor da Trend Micro para América Latina, empresa de cibersegurança e desenvolvimento de softwares corporativos. 

Na conversa, Candido reforça que o Brasil é o quarto país com mais ataques digitais no mundo, o que demonstra o enorme desafio em termos de cibersegurança e de repensar toda a infraestrutura da empresa para proteger os trabalhadores, grande parte ainda em home office. 

“Segurança e negócio andam ‘colados’. A pandemia afetou tanto a infraestrutura quanto o comportamento do usuário, que compartilha e acessa dados por meio de diferentes dispositivos, ou de máquina de terceiros. Isso faz com que as empresas tenham um grande desafio: proteger todo este ambiente – físico, virtual ou na ‘nuvem’ – dentro ou fora do estabelecimento”, afirma. 

Veja também:
Pressão inflacionária atormenta economia brasileira antes do mega-aumento dos combustíveis; entenda
Empresa de tecnologia desenvolve serviço que permite analisar, em tempo real, o comportamento do consumidor nas lojas físicas
Marca infantil feminina projeta internacionalização e criação de ecossistema

Candido também comenta que os criminosos digitais sempre atacarão quando enxergarem vulnerabilidade, independentemente do porte do negócio. No bate-papo, ele explica as soluções que a Trend Micro oferece aos pequenos negócios que não contam com suporte completo de Tecnologia da Informação (TI) – e, até mesmo, serviços mais complexos, dirigidos às companhias de grande porte. 

“Como as empresas estão conectadas a seus fornecedores e parceiros, é preciso que toda esta cadeia tenha uma cultura de segurança, atentando-se para que não seja uma porta de entrada [aos criminosos] dentro do negócio”, frisa. 

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts

Fonte: FecomercioSP

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO