Vendas de ônibus usados acumulam alta de 5,09% no primeiro trimestre de 2022, diz Fenabrave


Foram quase 9,5 mil unidades, mais que o dobro de novos (Por Adamo Bazani)
Vendas de ônibus usados acumulam alta de 5,09% no primeiro trimestre de 2022, diz Fenabrave

O mercado de ônibus usados no Brasil registrou no primeiro trimestre deste ano de 2022, alta de 5,09% em relação ao mesmo período de 2021.

De janeiro a março deste ano, foram comercializados 9.455 ônibus usados ante 8.997 no período do ano passado.

As informações são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O número de ônibus usados é mais que o dobro da quantidade de zero quilômetro.

Como mostrou o Diário do Transporte, também com dados da Fenabrave, foram 4.323 unidades emplacadas entre janeiro e março deste ano, alta de 1,67% ante 4.252 de 2021.

Relembre:

Ainda de acordo com os dados da Fenabrave sobre ônibus usados, a variação entre os meses de fevereiro e março foi expressiva: alta de 30,3%.

Foram 3.066 ônibus usados comercializados em fevereiro e 3.995 em março de 2022.

Já na comparação entre os meses de março, em 2022, a alta foi de 16,3%, com 3.435 veículos em março do ano passado.

Com os problemas relacionados à falta de componentes eletrônicos e a necessidade de ao menos redução da idade média de frota dos sistemas de ônibus após o abalo gerado pela pandemia de covid-19 sobre a demanda de passageiros que congelou as novas aquisições, os coletivos seminovos acabam sendo opções interessantes.

Há inclusive filas para o mercado de usados.

MARCAS:

O ranking de marcas de usados é muito semelhante ao que ocorre com os ônibus novos, com a Mercedes-Benz respondendo por mais da metade do mercado (57,68%), seguida de Volkswagen (15,74%) e da Marcopolo, por causa dos miniônibus Volare (13,89%).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Fonte: Diário do Transporte

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO