Quatro estratégias para superar os desafios de gestão em 2024


Diante do atual cenário que foi construído, a palavra-chave que permeia 2024, é adaptabilidade
Quatro estratégias para superar os desafios de gestão em 2024

Por Aline Labres

A cada novo ano, os desafios de gestão persistem. Administrar uma gama de tarefas e atividades diárias dentro de uma organização nunca é uma tarefa simples. À medida que nos aproximamos do início de um novo ciclo, surge o momento oportuno para líderes e gestores revisarem suas estratégias, superando os obstáculos que estão por vir.

No entanto, antes de projetarmos o futuro, é crucial refletirmos sobre o passado. As expectativas para o ano de 2023 se resumiam em uma palavra: retomada. Após dois anos de pandemia, a reestruturação do mercado era algo mais do que esperado. De fato, esse objetivo foi conquistado por diversos setores, mas um outro fator roubou a cena: o avanço da transformação digital. Sem dúvidas, esse ano foi marcado pela chegada de novas tecnologias e a popularização da Inteligência Artificial, que enfatizou a importância das empresas se adaptarem à essa nova realidade.

Diante do atual cenário que foi construído, a palavra-chave que permeia 2024, é adaptabilidade. Ou seja, estamos em um caminho sem volta, em que não existe mais a dissociação entre a tecnologia e negócios, até porque, dentro das organizações, cada vez mais uma área vem se aproximando da outra.

Como prova disso, de acordo com a IDC, o papel das lideranças de TI está ganhando importância nas áreas de negócios, sendo que 82% desses profissionais se sentem pressionados a implementar ou utilizar novas tecnologias na empresa, e 62% participam ativamente das tomadas de decisões estratégicas de diversas áreas.

Certamente, implementar tais mudanças em tempo real com toda a equipe é uma missão desafiadora. Até porque, dependendo da forma em que essa abordagem é feita, pode causar sérias dificuldades em efeito cascata. Diante disso, é crucial que a empresa tenha estratégias bem estabelecidas nessa jornada. Confira quatro delas:

#1 Invista na cultura organizacional: A cultura organizacional é a base de uma organização. É crucial investir no estabelecimento de valores, missão e propósito claro, alinhando-os com as práticas diárias. Uma cultura sólida fortalece a identidade da empresa, influencia as decisões dos colaboradores e contribui para um ambiente de trabalho mais coeso e produtivo.

#2 Estabeleça a comunicação interna: Uma boa comunicação é a base para o sucesso de qualquer organização. Ter um bom diálogo aberto com o time previne erros, retrabalhos, eventuais conflitos e agrega um clima organizacional benéfico para todos. Obviamente, essa não é uma tarefa simples, sendo considerado um dos grandes desafios. Sendo assim, uma alternativa para isso é centralizar as informações para que não haja ruídos, seja aumentada a transparência e elimine possíveis dificuldades nesse processo como um todo.

#3 Invista no desenvolvimento e capacitação da liderança: Os líderes desempenham um papel crucial na condução da equipe e no alcance dos objetivos organizacionais. Investir no desenvolvimento de habilidades de liderança é essencial para aprimorar a capacidade de orientar, motivar e inspirar os colaboradores. Programas de treinamento, mentoria e coaching são ferramentas valiosas para capacitar os líderes, tornando-os mais eficazes na gestão de equipes e na resolução de problemas.

#4 Adote um ERP: Para que a gestão seja realmente eficaz e minimize seus desafios, é crucial manter o gerenciamento de dados em dia. Nesse contexto, a implementação de um ERP se destaca como uma ferramenta essencial. Por meio do ERP, é possível aplicar um controle operacional especificado, garantindo uma gestão eficiente e estabelecendo uma integração mais sólida entre as diversas áreas da empresa. Essa integração possibilita uma resposta rápida a possíveis problemas e situações adversárias, promovendo uma tomada de decisão embasada em informações consolidadas.

Aline Labres é Analista de RH Sênior da Keep.

A chegada de um novo ano é marcada pelo momento de criar metas e planos. É importante que essa prática também faça parte do planejamento estratégico, porém, mais do que uma simples “promessa”, que seja uma ação a ser executada com afinco ao longo de todo o próximo ano. Afinal, para dizer adeus à gestão velha, é preciso estar aberto para o novo.

Sobre a Keep
A Keep é uma parceira oficial SAP Gold Partner e especialista na implantação da solução SAP Business One, oferecendo ao mercado a parceria real capaz de proporcionar mais controle, integração e maior rentabilidade para pequenas e médias empresas.

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO