Produção de motos tem melhor janeiro em uma década


Foram fabricadas 143,3 mil motos no mês passado. Mercado interno segue aquecido
Produção de motos tem melhor janeiro em uma década

Por George Guimarães

Depois de alcançar 1,57 milhão de unidades produzidas em 2023, maior volume em uma década, a indústria brasileira de motocicletas comemora um início de 2024 ainda melhor, segundo a Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

As fabricantes associadas da entidade estabeleceram em janeiro a maior produção para este mês desde 2014. Saíram das linhas de montagem instaladas no PIM, Polo Industrial de Manaus, 141,2 mil motos, 14,9% a mais do que um ano antes.

“Janeiro foi um mês bastante positivo, com mais dias úteis e sem os impactos da estiagem, o que permitiu com que as fabricantes trabalhassem em uma condição favorável”, analisou Marcos Bento, presidente da entidade, que estima crescimento de 7,4% na produção em 2024, para 1,69 milhão de motos.

Vendas aquecidas

O mercado interno aquecido puxou o ritmo mais acelerado das linhas de montagem. Os emplacamentos no mês superaram 143,3 mil unidades, expressiva alta de 29,7% em relação ao mesmo mês do ano passado e de 8% diante do resultado de dezembro. O setor contabilizou vendas diárias médias em janeiro de 6,5 mil unidades.  

Também foi o melhor desempenho para o mês em muitos anos, desde 2008. O setor projeta mercado interno de 1,7 milhão de unidades ao longo de 2024, 7,5% a mais do que em 2023.

Fonte: AutoIndústria – Foto: Divulgação

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO