Categories • Gerenciais

Potencialize vendas no 1º semestre de 2022 com calendário de datas comemorativas

As condições econômicas do início do ano de 2022 não são as mais promissoras para os negócios. Inflação, desemprego e juros elevados em nada favorecem as vendas. Contudo, em situações assim, faz-se ainda mais necessária uma gestão empresarial tempestiva e eficiente.

Uma ação que as empresas podem pôr em prática é a exploração de datas comemorativas. É de conhecimento de todos que o Dia das Mães e o Natal, por exemplo, movimentam – e muito – as vendas. O mesmo pode ser feito – guardadas as devidas proporções – em outras datas, pois o calendário está repleto de celebrações.

Veja também
Fique atento aos reflexos da pandemia em 2022
Combustíveis, gás, energia: entenda como a inflação afeta o seu negócio e saiba como se proteger
Entenda a forte alta do comércio eletrônico e como os negócios podem se preparar para 2022

Tanto nas lojas físicas como no comércio online, as empresas podem divulgar ofertas e promover ações relacionadas a datas celebrativas, como o Dia do Bolo de Chocolate (27/1), o Dia do Atleta Profissional (10/2), o Dia do Vendedor de Livros (14/3) e muitas outras.

Pensando nisso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) elaborou um calendário com as datas comemorativas do primeiro semestre do ano. Sabendo utilizá-las, o empreendedor pode aumentar o faturamento em momentos menos propícios a picos de receita e elevar o engajamento dos seguidores nas redes sociais.

Baixe o calendário na versão de sua preferência: desktop ou mobile

Dicas para potencializar as vendas

O primeiro semestre reúne diversas datas que podem ser exploradas pelos setores de comércio, serviços e turismo. Confira, a seguir, algumas indicações mês a mês.

Janeiro
As empresas devem aproveitar o primeiro mês do ano para desovar estoques por meio de promoções. O setor de papelarias é beneficiado pelas vendas de material escolar. O comércio pode usar a seu favor datas como o Dia do Fotógrafo (8/1) e o Dia Mundial do Puzzle (29/1), enquanto os serviços contam com o Dia do Cabeleireiro (19/1) e o Dia do Farmacêutico (29/1).

Fevereiro
De 4 a 20 de fevereiro, serão realizados os Jogos Olímpicos de Inverno. Apesar de as modalidades da competição não serem tradicionais no Brasil, o evento atrai a atenção do público e pode estimular a venda de materiais esportivos. O Dia de São Valentim, ou Valentine’s Day (14/2), data em que se celebram relacionamentos amorosos, está começando a ter alguns adeptos no País, de modo que as empresas podem trabalhar ações nesse sentido.

Março
Além do Dia Internacional da Mulher (8/3), no qual ações de valorização e empoderamento são bem-vindas, o mês conta com o Dia do Consumidor (15/3). A data já é bem explorada no comércio eletrônico, mas o varejo físico também pode aproveitá-la para aumentar as receitas.

Outra data importante é o Dia de São Patrício, ou St. Patrick’s Day (17/3). A celebração irlandesa potencializa a venda de bebidas, festas e eventos. Os estabelecimentos podem investir na decoração da loja, priorizando a cor verde, associada à data.

Abril
O mês de abril é marcado pela Páscoa. Por isso, cresce a procura por ovos de chocolate e peixes. O setor de turismo pode se beneficiar do feriado de Tiradentes (21/4), que cai numa quinta-feira.

Maio
Com o Dia das Mães sendo a principal data do mês de maio, a recomendação é que o varejo, de acordo com o histórico, aposte em itens de vestuário, calçados, acessórios, perfumes, cosméticos e eletrodomésticos. Além disso, o varejo e os serviços podem se valer de celebrações como o Dia de Star Wars (4/5) e o Dia do Hambúrguer (28/5).

Junho
De modo geral, o Dia dos Namorados (12/6) é uma data importante para as vendas no mês. Além disso, é importante que as empresas se atentem para o fato de que junho reúne diversas datas relacionadas ao esporte, como os dias do Tenista (9/6), do Enxadrista (12/6), do Karatê (17/6), do Skate (21/6), do Atleta Olímpico (23/6) e do Vôlei (27/6).

Os dias do Turismo (13/6), da Imigração Japonesa (18/6) e do Cinema Brasileiro (19/6), além das festividades juninas de São João, também podem ser exploradas por empresas de comércio, serviços e turismo.

Fonte: FecomercioSP

You May Also Like