Participação dos hatches pequenos já se aproxima dos 30%


Crescimento em janeiro foi de 38%, mais que o dobro do mercado
Participação dos hatches pequenos já se aproxima dos 30%

Por George Guimarães

Apesar de toda a badalação, da liderança de participação e da profusão de lançamentos, as vendas de utilitários esportivos cresceram 13% no ano passado frente a 2022. Pouca coisa a mais do que a média de 9% de todos os automóveis de passeio e muito aquém dos hatches pequenos, segmento que mais evoluiu em 2023.

Na comparação anual, os modelos que têm preços imediatamente acima dos chamados carros de entrada ostentaram um robusto salto de 35% sobre o resultado do ano anterior. Somaram 475,4 mil licenciamentos, 125 mil a mais do que em 2022.

Dos doze modelos elencados nessa categoria pela Fenabrave, quatro ficaram entre os dez mais vendidos, sendo que três deles ocuparam as três primeiras colocações, com o Volkswagen Polo na dianteira.

Com isso, a participação dos hatches pequenos nas vendas totais de automóveis de passeio subiu para 27,6%, um significativo avanço de 5,5 pontos porcentuais sobre a fatia registrada um ano antes e também em 2021. Nessa mesma comparação, a penetração dos SUVs cresceu 1,6 ponto porcentual, três vezes menos.

Fonte: Fenabrave

Mas, a seguir nos próximos meses o ritmo determinado pelos negócios de janeiro, os hatches pequenos podem incomodar ainda mais e diminuir a difefrença para os SUVs. Simultaneamente, ampliar a já abissal vantagem para os sedãs compactos e modelos de entrada, cujas participações limitaram-se a 8% no ano passado.

A categoria começou 2024 pisando fundo no acelerador. No primeiro mês, alcançou 34,8 mil unidades, 38% acima dos emplacamentos de janeiro do ano passado, enquanto o mercado de automóveis cresceu menos da metade, 14%, e o de utilitários esportivos, 21%.

Os hatches pequenos abocanharam 29,3% dos licenciamentos, patamar médio alcançado pela última vez em 2021. Novamente com quatro modelos entre os dez automóveis mais licenciados, três deles igualmente nas primeiras colocações: Hyundai HB20 (7,5 mil unidades), Volkswagen Polo (7,3 mil) e Chevrolet Onix (5,7 mil).

Chama a atenção no crescimento dos hatches pequenos o fato de que a oferta de modelos não aumentou nos últimos quatros anos. Continua em torno de uma dúzia, com um deles, na verdade, em clara sobrevida, o Renault Sandero, e outros dois com desempenhos comerciais limitados, por enquanto frustrantes, casos do Citroën C3 e do Honda City Hatch.

LEIA MAIS

→ Hyundai Creta começa 2024 à frente dos SUVs

Quem, por outro lado, claramente ajudou no sensível crescimento da categoria foi o líder Polo. Em 2022, o modelo da Volkswagen vendera somente 8,2 mil unidades. Com o lançamento da versão mais despojada e barata Track, no começo do ano passado, fechou 2023 com 111 mil licenciamentos, um explosivo salto de 1.350%.

Em 2024, já apareceram no ranking os elétricos BYD Dolphin e GWM Ora 03. O primeiro deles na oitava colocação, com 1.820 licenciamentos, apenas 59 unidades a menos do que o C3 e 5 ( sim, cinco!) atrás do Peugeot 208. Onde podem chegar?

Fonte: AutoIndústria – Foto: Divulgação

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO