Estado de São Paulo registra a criação de 55 mil empregos em abril

No acumulado do ano foram criados 190 mil novos postos de trabalho
Estado de São Paulo registra a criação de 55 mil empregos em abril
Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged

De acordo com estudo da Fundação Seade, o emprego formal aumentou 0,4% no Estado de São Paulo em abril de 2023 em relação ao mês anterior, com a geração de 55 mil novos postos de trabalho. Na somatória dos quatro primeiros meses do ano, foram criados 190 mil no estado, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged.

Houve variação positiva na agricultura (1,1%), na construção (0,9%), nos serviços (0,4%) na indústria (0,4%) e no comércio (0,3%). Em números absolutos estão assim distribuídos: agricultura, pecuária e pesca (3.716); indústria (9.339); construção (6.686); comércio (7.425); e serviços (27.744). Neste último, merece destaque os segmentos de transporte, armazenagem e correio (8 mil) e saúde humana e serviços sociais (6 mil).

Por regiões administrativas, o maior saldo de emprego foi verificado na capital paulista (12.310). Na sequência aparecem RA de Campinas (11.585), RMSP-MSP (8.222), RA de Sorocaba (4.394), RA de Bauru (3.700) e RA de São José dos Campos (2.944).

Consulte a íntegra da pesquisa com dados por regiões e por municípios:
https://trabalho.seade.gov.br/

Sobre o Seade
Há mais de 40 anos, o Sistema Estadual de Análise de Dados é referência nacional na produção e disseminação de análises e estatísticas socioeconômicas e demográficas do Estado de São Paulo, como Seade SP Economia – com análises setoriais da economia paulista; SP Trabalho, com análise de dados sobre trabalho, desocupação e rendimento para o Estado de SP e suas regiões; e Seade PIB Regional, que reflete a soma de todos os bens e serviços produzidos em dado período e determinada região.

Fonte: Portal do Governo

Programa EMPRESA AMIGO DO VAREJO