Crescimento das fraudes no e-commerce supera o das vendas on-line


Dados da Konduto mostram que os pedidos fraudulentos aumentaram 214% entre janeiro e abril, enquanto os pedidos regulares cresceram 196%
Crescimento das fraudes no e-commerce supera o das vendas on-line

Uma análise realizada pela Konduto, empresa da Boa Vista que fornece ferramentas antifraude para o e-commerce, aponta crescimento de 214% nas tentativas de fraudes em compras on-line nos quatro primeiros meses do ano, na comparação com igual período de 2021.

A alta nos pedidos fraudulentos supera o próprio crescimento dos pedidos regulares, que na mesma base de comparação cresceram 196%.

Entre as principais fraudes eletrônicas detectadas está o phishing, que se caracteriza pela aquisição ilegal de dados pessoais, como números de cartões de crédito, conta bancária, entre outras informações.

Outros crimes comuns na internet são a invasão de contas e a engenharia social, quando se tenta manipular por meio de emails ou perfis em redes sociais falsos que trazem informações atrativas, como gratuidades ou promoções por tempo limitado, mas que quando acessadas despertam um malwares, um tipo de software que pode, entre outras finalidades, ser usado para roubar dados pessoais.

Segundo a Konduto, neste ano, janeiro apresentou o maior crescimento de fraudes, com avanço de 204% sobre igual mês de 2021. Em abril, por sua vez, a empresa registrou um aumento de 117% nos pedidos fraudulentos, comparado com abril do ano passado.

Os dados nacionais da empresa também revelaram que domingo foi o dia da semana com a menor incidência de fraudes, registrando uma taxa de apenas 9,48%. Em contrapartida, o dia com mais pedidos fraudulentos foi a segunda-feira, que representou 17,48% de todas as tentativas de fraudes semanais.

Ao segmentar seus dados por horário, a Konduto detectou que, no Brasil, na faixa do almoço, das 12h às 14h, é que acontece a maior parte das tentativas de fraude: 20% de todos o volume de fraudes.

Já no período da madrugada, das 0h às 6h, o número é menor: 10% das fraudes acontecem durante o período. “Esses números acabam com o mito do fraudador que aplica golpes na madrugada. As fraudes acontecem durante o dia. É uma estratégia para se misturar com vendas legítimas e tentar burlar as ferramentas de combate à fraude”, explica Tom Canabarro, cofundador da Konduto e diretor de serviços de antifraude na Boa Vista.

Fonte: Diário do Comércio – Imagem: Freepik

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGA DO VAREJO