Brasil bate recorde no número de veículos blindados

Especialista do setor automotivo explica sobre o recorde histórico de 2023
Brasil bate recorde no número de veículos blindados

Em um cenário de crescente preocupação com a segurança, os números divulgados pela Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin) lançam luz sobre uma tendência marcante: o aumento significativo no número de veículos blindados. Em 2023, esse setor registrou um recorde notável, com 29.296 veículos blindados, representando um salto de 13% em relação ao ano anterior.

De acordo com Leonardo Furtado, superintendente do Auto Shopping Internacional Guarulhos, essa marca não apenas demonstra um aumento na demanda por proteção veicular, mas também reflete a crescente conscientização sobre a importância da segurança pessoal. Desde que a Abrablin começou a divulgar esses dados, em 1995, nunca antes havia sido registrado um número tão alto de veículos blindados em um único ano.

Com 340 mil carros blindados estimados em circulação pelo Brasil, a presença desses veículos nas ruas e estradas do país se tornou uma realidade inegável. “Essa estatística não apenas revela uma preferência crescente por veículos protegidos, mas também evidencia a necessidade percebida de se proteger contra potenciais ameaças”, aponta Leonardo.

A blindagem de veículos vai além da questão de status ou luxo, e entra como uma medida de segurança que se tornou cada vez mais essencial em um ambiente urbano muitas vezes imprevisível. “Diante dos desafios de segurança pública e uma sensação geral de insegurança, é compreensível que mais e mais pessoas optem por investir na proteção de seus meios de transporte pessoal”, complementa o superintendente.

À medida que os números continuam a subir, é provável que a indústria de blindagem de veículos no Brasil se expanda ainda mais para se adaptar para atender à crescente demanda por segurança. “Esses dados não apenas refletem uma realidade contemporânea, mas também apontam para uma tendência que provavelmente continuará a moldar o mercado automotivo nos próximos anos”, finaliza.

Compartilhe

Programa EMPRESA AMIGO DO VAREJO