Notícias locais

20 de outubro de 2020

Conheça as principais linhas de crédito emergenciais


Empresário precisa avaliar opções que mais se adaptam ao seu tipo de negócio, sem que isso comprometa a sustentabilidade da empresa em uma dívida impagável. A FecomercioSP reuniu em um e-book as principais linhas de crédito disponíveis (Arte: Tutu)

Em um momento caótico para a economia, no qual a permanência de um negócio no mercado não depende apenas das habilidades de gestão empresarial, é preciso que o empreendedor tenha um foco estratégico direcionado para o que é mais importante: sobreviver pelos próximos meses de crise; preservar a sustentabilidade do caixa; tentar levantar recursos para pagar os funcionários, os fornecedores e as contas; e evitar uma dívida que se torne impossível de arcar no futuro.

Possivelmente, o maior conflito para pôr essa estratégia em pé é a negociação com bancos comerciais tradicionais, tendo em vista que há uma tremenda exigência de garantias reais e a desconfiança de que o empresário não conseguirá pagar por um empréstimo – fatores que encarecem demasiadamente o preço do crédito. Por outro lado, o sistema de concessão de recursos emergenciais foi bastante aprimorado nos últimos meses, em razão da pandemia e do fechamento de muitas empresas.

Fique por dentro do ambiente de crédito para empresas
O segredo contra a crise: crédito liberado por fintechs pode ser alternativa promissora para negócios
Excesso de garantias, burocracia e juros altos afastam os empresários das linhas de crédito tradicionais
E-book orienta micros, pequenos e médios empreendedores a obter crédito com o BNDES

É para essa possibilidade de crédito emergencial (que tem ganhado força) que o empresário precisa olhar com atenção. Há diversas agências de fomento e bancos disponibilizando recursos com base em programas que facilitam a liberação do dinheiro, que reduzem os juros e que possibilitam prazos maiores para pagamento, cujos principais focos são a preservação do fluxo de caixa e de capital de giro das empresas. Essa deliberação pode ser o grande diferencial entre uma empresa que vai sobreviver, mas em condições graves de endividamento, e uma que conseguirá reduzir os danos ao escolher a linha de crédito ideal para o negócio.

Alguns exemplos de linhas emergenciais disponíveis atualmente: o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac); O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe); programas do Banco do Povo Paulista, do Desenvolve SP e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); entre outros.

Para facilitar a busca, a FecomercioSP reuniu em um e-book as principais linhas de crédito disponíveis, hoje, e os fatores que precisam ser analisados na hora de buscar recursos, tais como condições de financiamento, opções de pagamento e destinação do crédito.

Além disso, no Guia de linhas de crédito emergenciais, você encontra um resumo de cada opção disponível em bancos e agências de fomento.

Acesse e-book-guia-de-linhas-de-credito-emergenciais

Voltar para Notícias

parceiros