Siga-nos:

Yamaha Crosser recebe freio ABS dianteiro

Compartilhar:

Moto 2019 ficou R$ 1 mil mais cara e parte agora de R$ 12.390

Yamaha atualizou a XTZ 150 Crosser e a equipou com freio ABS na roda dianteira como item de série na linha 2019. O preço inicial passou para R$ 12.390, R$ 1 mil a mais que a 2018. A chegada às concessionárias deve ocorrer em março. Além do sistema antitravamento, a roda dianteira ganhou disco maior, agora com 24,5 centímetros. E o tambor traseiro foi substituído por um disco de 20,3 cm. A Crosser permanece à venda em duas versões, S e Z. Esta segunda tem para-lama dianteiro mais alto e custa R$ 200 a mais.
O motor flex de 150 cc permanece o mesmo e produz até 12,4 cv quando abastecido com etanol. A transmissão tem cinco marchas. O painel continua bem equipado e traz conta-giros analógico e display digital com velocímetro, hodômetros totalizador e parcial, relógio, marcador de combustível e função Eco, que ajuda o piloto a baixar o consumo de combustível. O tanque da Crosser tem capacidade para 12 litros.
A mudança na Crosser serve para atender a uma legislação de segurança. Desde 1º de janeiro deste ano todas as motos abaixo de 300 cc produzidas no Brasil ou importadas têm de ser equipadas com ABS ou sistema de freios combinado. Para modelos de 300 cc em diante o ABS é obrigatório.
A XTZ 150 Crosser foi apresentada em fevereiro de 2014. Até janeiro de 2019 teve 87,5 mil unidades emplacadas. Começou o ano como a moto mais vendida da Yamaha. Foram quase 2 mil emplacamentos em janeiro. Sua garantia é de três anos.

Fonte: Automotive Business

Nenhum comentário

Deixe um comentário