Siga-nos:

Volvo Cars planeja ampliar rede de recarga para carro elétrico no Brasil

Compartilhar:

Estrutura já conta com 125 pontos e deve ser expandida para 500; projeto conta com oito empresas parceiras

Volvo Cars quer ampliar sua rede de recarga para carro elétrico e híbrido plug-in no Brasil, onde já possui 125 pontos de recarga, e planeja atingir 500 pontos em parcerias com as empresas Grupo GPA (Pão de Açúcar), rede Iguatemi, rede de estacionamento Estapar, Autovagas, PareBem e a incorporadora Idea! Zarvos, além de sua própria rede de concessionárias, atualmente com 36 revendas distribuídas pelo País. A montadora estima um investimento total de R$ 5 milhões para toda a implantação dessa infraestrutura.
O projeto prevê garantir uma ampla estrutura e capilaridade no perímetro urbano das principais cidades brasileiras, com pontos de recarga em estabelecimentos onde a duração de permanência seja média ou longa, permitindo a realização de cargas totais nos veículos plug-in.
Na capital paulista, por exemplo, a ideia é de que as pessoas encontrem um ponto de recarga Volvo a uma distância média de 9,7 km distantes entre um e outro ponto.
“Acreditamos que ainda existem barreiras para a compra de um carro eletrificado, por isso, nossa estratégia de instalação de eletropostos contribui de maneira significativa para a infraestrutura do Brasil e para a indústria automotiva, além de dar mais confiança para que o consumidor adquira com mais tranquilidade um veículo eletrificado”, defende Luis Rezende, presidente da Volvo Car Brasil e head para a América Latina.

Para 2020, a empresa já estuda a ampliação da rede para áreas mais afastadas, com inovações em serviços e produtos de eletrificação.

AVANÇO DO MERCADO E DA OFERTA DE ELÉTRICOS

No Brasil, a venda de veículos híbridos e elétricos tem avançado, embora a passos curtos. De janeiro a outubro deste ano, foram emplacadas 6.015 unidades, entre híbridos e elétricos, considerando modelos oferecidos por 14 montadoras. Pela Volvo, foram 884 contra 136 no mesmo período do no passado.
A companhia espera fechar 2019 com 22% de vendas de seu portfólio eletrificado, índice que deve subir para 40% no próximo ano, representando um volume de 4 mil carros híbridos ou elétricos, incluindo o híbrido plug-in CX40, SUV da marca que chega no mercado brasileiro no primeiro trimestre de 2020.
Globalmente, a Volvo Cars espera vender1 milhão de veículos eletrificados até 2025, sendo que metade desse volume será de carros totalmente elétricos. Os outros 50% serão híbridos plug-in. A Volvo é a primeira montadora a se comprometer com a eletrificação total e a eliminar progressivamente do portfólio os modelos movidos apenas por um motor de combustão interna.
A partir deste ano, todo novo Volvo lançado será eletrificado. A marca também se comprometeu a lançar um novo carro elétrico por ano nos próximos cinco anos.

Fonte: Automotive Business

Nenhum comentário

Deixe um comentário