Siga-nos:

Sincopeças-SP recebe jornalista Joseval Peixoto

Compartilhar:

 (esq. p/ dir.) Francisco De La Tôrre; Joseval Peixoto; Álvaro Pereira e Paulo Ribeiro em encontro na sede do Sincopeças-SP

O presidente do Sincopeças-SP, Francisco De La Tôrre, recebeu o jornalista Joseval Peixoto na sede da entidade, em visita de cortesia acompanhada por Álvaro Pereira, 1º tesoureiro da entidade, e pelo advogado Paulo Ribeiro, da assessoria jurídica.

Na oportunidade, Francisco De La Tôrre explanou sobre as principais bandeiras do Sindicato, entre elas a Racionalização tributária; Otimização do ambiente de negócios; Fortalecimento da representatividade; Liberdade individual e coletiva na relação capital x trabalho; Combate à informalidade e luta pela longevidade das empresas; Isonomia de MVA entre mercado independente e de montadora na reposição de autopeças.

O presidente também elencou a série de benefícios disponibilizados a todos os varejistas de autopeças pela atual gestão, como Atendimento jurídico e contábil; Acesso de informações retidas pelas montadoras; Conquista da prorrogação dos prazos estabelecidos pelo INMETRO para certificação das peças; Realização de fóruns com diversas temáticas: Direito do Consumidor, E-Social, Reciclagem Automotiva, e questões atuais da categoria; Envio Semanal de Boletins Digitais com informação sobre o mercado; Pesquisa MVA; Participação na AUTOMEC com mais de 12 caravanas; Lei do Desmanche; Pesquisa Roland Berger, entre outros.

Breve biografia

Joseval Peixoto é jornalista, radialista e advogado, atualmente contratado de dois dos maiores veículos de comunicação do Brasil, a Rádio Jovem Pan e o SBT, onde apresenta, respectivamente, o Jornal da Manhã e o SBT Brasil.

Nascido no Rio de Janeiro em 1938, aos dois anos retornou com a família à cidade de Rancharia, no interior de São Paulo. Mais tarde a família mudou-se para o Norte do Paraná, fixando-se em Arapongas. A seguir, Joseval foi estudar em um colégio interno em Paraguaçu Paulista, onde concluiu o ginásio.

Começou a carreira de radialista na Rádio Clube Marconi, de Paraguaçu Paulista. Mas, o interesse pela profissão de jornalista aconteceu mesmo em Presidente Prudente, para onde se mudou em 1955, a fim de terminar o colegial. Lá, ingressou na Rádio Presidente Prudente, onde leu crônicas, foi rádio-ator, mancheteiro de jornal-falado, apresentou programas de auditório, narrou missa, futebol, carnaval. Foi também apresentador em palanques políticos.

Contratado como locutor esportivo pela Rádio Bandeirantes, em São Paulo, surgiu a oportunidade de cursar Direito na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo, onde se formou em 1965, tendo sido o orador da turma.

Hoje tem sua própria bancada de direito, o escritório Joseval Peixoto e Advogados Associados.

No site Terceiro Tempo (http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/joseval-peixoto-2212), o jornalista Milton Neves traça um perfil do colega de profissão.

Joseval Peixoto, importante profissional do radiojornalismo brasileiro, é um dos apresentadores do Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan AM. Em 2011, assumiu a bancada do telejornal SBT Brasil, como âncora, ao lado da paraibana Rachel Sherehazade.

Natural do Rio de Janeiro, Joseval nasceu no dia 26 de setembro de 1938. Começou sua carreira no rádio com apenas 15 anos, quando tinha o programa "Várzea em Revista", na rádio ZR 84, de Presidente Prudente (SP).

Contratado como locutor esportivo, na Rádio Bandeirantes, o carioca aproveitou a oportunidade para realizar um sonho antigo, cursar a faculdade de Direito no Largo Sâo Francisco, onde formou-se em 1965.

A carreira de advogado foi paralisada quando o radialista foi convidado para cobrir a Copa do Mundo de 1970, no México, onde se consagrou. Anos depois, Joseval voltaria a se dedicar à advocacia, mas sempre mantendo-se na área de comunicação.

Outra faceta do radialista é a de compositor. Ao lado de Geraldo Blota, ele compôs a marchinha de carnaval: "Ói Nóis Aqui Traveis", grande sucesso nas festas populares.

Abaixo, um vídeo histórico de uma partida do Desafio ao Galo na década de 80, o torneio de futebol varzeano disputado no campo do CMTC Clube, na Avenida Cruzeiro do Sul, zona norte de São Paulo. Joseval Peixoto era o narrador da partida entre Estrela do Sul e Associação dos Moradores do Bairro Sítio Novo, de Rio Pardo. As reportagens eram de Samuel Ferro. Tony Lourenço estava na cabine, comentando o jogo.

 

https://youtu.be/lqnQX7UP6CY

Nenhum comentário

Deixe um comentário