Siga-nos:

Prazo para revenda de componentes de direção termina em maio

Compartilhar:

Varejistas têm até 28 de maio para zerar os estoques dos produtos que não possuem o selo Inmetro

O IQA – Instituto da Qualidade Automotiva, organismo de certificação acreditado pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação) do Inmetro, alerta para o fim do prazo de revenda dos componentes de direção não certificados. Varejistas têm até 28 de maio para zerar os estoques, conforme a Portaria Inmetro nº 268, de 28 de maio de 2013, que determina a certificação compulsória dos produtos comercializados no mercado de reposição.

Fazem parte desta portaria terminais de direção, barras de direção, barras de ligação e terminais axiais que são utilizados em automóveis, camionetas, caminhonetes, veículos comerciais leves, caminhões, caminhões-tratores, ônibus e micro-ônibus, das categorias M e N e das categorias G e O (quando aplicáveis), conforme a norma ABNT NBR 13776.

“Quem vender componentes de direção sem o selo de certificação do Inmetro pode ser autuado e ter os produtos recolhidos”, afirma Joe Tolezano, coordenador técnico do IQA.

Estão isentos de certificação os itens utilizados em veículos da categoria L (automotores com menos de quatro rodas), máquinas, implementos e equipamentos agrícolas.

Mais informações à imprensa:
Companhia de Imprensa
Maria do Socorro Diogo – msdiogo@companhiadeimprensa.com.br
Sara Saar – sara@companhiadeimprensa.com.br
Telefone: (11) 4435-0000

Nenhum comentário

Deixe um comentário