Siga-nos:

Osram fornece lâmpadas para Honda CG

Compartilhar:

Os veículos CG 125 Cargo, CG 125 Fan, CG 160 Cargo, CG 160 Start, CG 160 Titan e CG 160 Fan estão agora equipados com a tecnologia da lâmpada halógena de bifunção OSRAM HS1

 

Pioneira e líder mundial em iluminação, a multinacional alemã OSRAM passa a fornecer as lâmpadas para os faróis de seis modelos da popular CG, a 4ª moto mais vendida do país, fabricada pela Honda. A partir de agora, os veículos CG 125 Cargo, CG 125 Fan, CG 160 Cargo, CG 160 Start, CG 160 Titan e CG 160 Fan já saem da fábrica equipados com a tecnologia da lâmpada halógena de bifunção OSRAM HS1.

“São lâmpadas especiais para veículos de até 220cc, que possuem farol alto e baixo e se destacam pelo design arrojado e o grande alcance. Como toda a nossa linha automotiva, foram desenvolvidas para apresentar grande eficiência e, acima de tudo, priorizar a segurança do motorista”, declara Felipe Pegorelli, coordenador de vendas do canal OEM da OSRAM.

A exemplo de outras grandes montadoras, a Honda reforça a sua parceria com a multinacional alemã, em busca de contar com a credibilidade de uma empresa que é referência no mundo automotivo. “A CG é uma das motos mais populares do país, e é uma grande satisfação passar a fazer parte desse projeto. Vamos assegurar diferenciais como performance e modernidade a uma moto já reconhecida no mercado por sua qualidade”, complementa Pegorelli.

 

Sobre a OSRAM

A OSRAM, com sede em Munique, na Alemanha, é uma das líderes em soluções de alta tecnologia para iluminação no mundo. O portfólio da companhia abrange: lâmpadas, semicondutores ópticos como diodos emissores de luz (LED) – a reatores eletrônicos, além de luminárias completas, sistemas de gerenciamento e soluções em iluminação. A OSRAM é líder de mercado no setor automotivo.

As atividades da companhia têm focado em luz – e, portanto, na qualidade de vida – por mais de 110 anos. Mais informações sobre a OSRAM podem ser encontradas na internet, pelo site www.osram.com.br.

Nenhum comentário

Deixe um comentário