Siga-nos:

Honda começa a produzir Fit na fábrica de Itirapina

Compartilhar:

Unidade construída há 3 anos concentrará toda a produção de automóveis da marca no Brasil

Três anos após a conclusão de sua construção, no fim de 2015, quando deveria ter sido inaugurada, finalmente a nova fábrica de automóveis da da Honda em Itirapina, no interior paulista, começou a operar este mês. Inicialmente a planta vai concentrar toda a produção no País do compacto Fit, primeiro modelo a entrar na linha de montagem da unidade, que recebeu investimentos de R$ 1 bilhão. O início das operações foi anunciado pela companhia em abril do ano passado, quando detalhou seu novo plano de reestruturação produtiva no Brasil.
A Honda vai produzir toda a sua linha brasileira de automóveis em Itirapina, que além do Fit inclui o City, Civic, HR-V e WR-V. A transferência para a nova fábrica desses modelos, atualmente fabricados na planta de Sumaré, cerca de 100 km distante, será feita de forma gradativa a partir deste ano até 2021. A intenção é desafogar o fluxo produtivo de Sumaré, onde será mantida a produção de motores (incluindo a fundição e usinagem de blocos e cabeçotes de alumínio), injeção de componentes plásticos, engenharia de qualidade, planejamento industrial e logística. A unidade também continuará sendo a sede administrativa da Honda South America, com centro regional de pesquisa e desenvolvimento de automóveis, divisão de peças e centro de treinamento técnico para concessionárias.
“Graças aos ganhos de produtividade, com uma atuação integrada entre as plantas de Sumaré e Itirapina, tornaremos nossa operação no País mais competitiva”, afirma em nota o presidente da Honda South America, Issao Mizoguchi.
A nova planta, que deveria ter sido inaugurada ainda em 2015, tem capacidade para montar 120 mil veículos por ano, considerando dois turnos de trabalho. Neste início de operação, está prevista a produção de 90 unidades do Fit por dia, com montagem feita por funcionários transferidos de Sumaré.

 

Fonte: Automotive Business

Nenhum comentário

Deixe um comentário