Siga-nos:

Harley-Davidson lançará várias motos até 2022

Compartilhar:

Planos incluem nova plataforma de 500 a 1.250 cc, uma big trail e modelos a partir de 250 cc na Ásia

Harley-Davidson vai ampliar sua linha de produtos até 2022. Entre os lançamentos haverá uma nova plataforma modular que dará origem a modelos de 500 a 1.250 cc. Outro destaque será a a Panamerica 1.250, primeira big trail da marca. A H-D promete ainda modelos de 250 a 500 cc para mercados emergentes asiáticos.
Neste caso a produção ocorrerá a partir da aliança com um fabricante da Ásia. Essas motos menores servirão para impulsionar as vendas na Índia e outros mercados regionais. A Harley não citou o Brasil em suas novas estratégias, mas vale recordar que a concorrente BMW entrou no segmento de baixa cilindrada por aqui e em outros mercados com as motos G 310 R e G 310 GS, cujos motores vêm da Índia, fabricados pela TVS. Os preços ficam entre R$ 21,9 mil e R$ 24,9 mil.

Streetfighter, de 975 cc, faz parte da nova plataforma modular para modelos de 500 a 1.250 cc

Atualmente, a Harley-Davidson de menor cilindrada vendida no Brasil têm motor de 883 cc e preço sugerido de R$ 42,4 mil. É provável que os modelos a partir de 500 cc da nova plataforma modular cheguem primeiro por aqui, mas as motos a partir de 250 cc certamente formariam uma nova base de clientes interessante para a rede local de revendas.
Os planos de curto prazo da Harley-Davidson também preveem motos elétricas, a modernização da rede de concessionárias e o aumento de ações como passeios e outros eventos capazes de fidelizar motociclistas.

Fonte: Automotive Business

Nenhum comentário

Deixe um comentário