Siga-nos:

Gastos no cartão somam R$ 461 bi no 3º trimestre

Compartilhar:

Gastos de brasileiros no cartão somaram R$ 461 bilhões no 3º trimestre. Maior número de transações foi feita no crédito; volume movimentado é 18% maior que no mesmo período do ano passado

O setor de cartões movimentou 461 bilhões de reais no primeiro semestre deste ano. O volume é 18% maior que no mesmo período do ano anterior, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), divulgados nesta terça-feira, 26. Do total, 291,6 bilhões de reais foram gastos em cartões de crédito, 163,9 bilhões de reais no débito e 5,4 bilhões de reais nos cartões pré-pagos.

Em quantidade de transações no acumulado todas as modalidades de cartão juntas registraram 15,9 bilhões, crescimento de 17,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

O presidente da entidade, Pedro Coutinho, destaca que para 2019 ainda é previsto que a participação dos pagamentos digitais no consumo das famílias deverá fechar em 43,5%. Já a representatividade do setor de cartões no Produto Interno Bruto (PIB) deverá ficar em 28%, segundo a Abecs. “Mantemos nossa posição otimista quanto ao setor. A dinâmica da inovação, dos desafios e concorrência tem ocorrido diariamente. Todas as empresas estão se movimentando”, afirmou Coutinho.

O executivo disse que a associação ainda não tem uma projeção do setor para 2020, mas a expectativa é de crescimento robusto, dadas as estimativas para a economia do País no ano que vem.

Compras online

A Abecs destacou que, em pesquisa realizada junto com o Instituto Datafolha, mostra que 48% dos usuários de cartão fazem compras pela internet, e o cartão de crédito responde por 82% dos pagamentos no e-commerce. Segundo o levantamento, o celular é o canal mais usado para as compras online. A preferência pelo smartphone cresceu de 53% para 72%, entre 2017 e 2019, e continua muito acima dos demais canais, como o laptop (30%), o desktop (28%) e o tablet (4%).

Em volume financeiro, os pagamentos realizados pela internet, ao lado de outras compras não presenciais, já representam 21,5% dos pagamentos com cartões de crédito. Foram R$ 62,2 bilhões transacionados em canais remotos no terceiro trimestre, com crescimento de 26,6% em comparação com o mesmo período de 2018.

A mesma pesquisa aponta que 10% dos usuários de cartão já tiveram alguma experiência de pagamento por aproximação, com uso da tecnologia de aproximação, a NFC (Near Field Communication).

(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA (https://veja.abril.com.br/economia/gastos-de-brasileiros-no-cartao-somaram-r-461-bilhoes-no-3o-trimestre/)

Nenhum comentário

Deixe um comentário