Siga-nos:

Consumidor brasileiro aponta câmera de ré como item importante

Compartilhar:

Sensor de estacionamento é o segundo item mais relevante segundo a pesquisa. Sensores e câmeras de ré proporcionam mais conforto e segurança. Itens instalados no pós-vendas geram desconfiança

Resultados da pesquisa realizada pela Bosch

 

A Bosch realizou uma pesquisa com usuários brasileiros para entender a importância dos sistemas de assistência de estacionamento. Segundo o levantamento, a câmera de ré é um dos itens mais desejados enquanto o sistema de estacionamento semiautomático é o menos lembrado.  A metodologia levou em consideração o perfil de homens e mulheres maiores de 18 anos, que possuem veículo com algum tipo de sensor de estacionamento ou câmera de ré.

Quando questionados quais os itens são importantes no momento de estacionar, a câmera de ré e o aviso sonoro de estacionamento foram os mais lembrados, seguidos por espelhos retrovisores externos, sensor de estacionamento com display que informa a distância em metros, espelho retrovisor com “tilt down”, sensor de estacionamento com imagem gráfica, espelho retrovisor interno e sistema de estacionamento semiautomático.

Se tivessem que escolher apenas um dos recursos, 36% dos entrevistados escolheriam a câmera de ré exatamente pela possibilidade de visualizar a traseira do veículo no momento de estacionar. Outros 31% disseram preferir o sensor de estacionamento que contemple imagem e som, enquanto apenas 13% informaram que apenas o aviso sonoro seria o suficiente.

Entre os acessórios que o usuário daria prioridade para instalar no pós-vendas caso não viesse como item de fábrica estão: câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, GPS, central multimídia com DVD, sensor de estacionamento dianteiro, banco de couro, parafuso antifurto de rodas, entre outros. A pesquisa também apontou que, mesmo junto aos usuários que têm mais de um sistema instalado, a câmera de ré é a mais utilizada no momento de manobrar.

“Além de proporcionar mais conforto no momento de estacionar, os sistemas de assistência de estacionamento trazem mais segurança aos usuários, especialmente para aqueles que têm crianças, idosos ou animais em casa, pois os dispositivos alertam o motorista caso tenha alguém ou algum objeto atrás do veículo no momento da manobra”, destaca Glaucia Bueno, analista de marketing.

 

Itens instalados no pós-vendas geram insatisfação

A pesquisa também teve o objetivo de identificar o volume dos sistemas que vieram de fábrica e quais foram instalados no pós-vendas (concessionária ou oficina especializada). Mais de 70% dos entrevistados informaram que a câmera e o sensor de ré vieram instalados de fábrica, já o sensor de estacionamento dianteiro é item original de fábrica presente em 89% dos casos.

A concessionária é o local mais procurado para instalação dos itens de assistência de estacionamento. Apesar disso, 30% dos entrevistados informaram que precisaram voltar ao local devido a problemas nos dispositivos, como imagem ruim, mal funcionamento ou até mesmo por prevenção (falta de confiança na instalação).

Também foi identificado que 23% dos entrevistados já sofreram colisão pelo mau funcionamento da câmera ou do sensor de ré. A insatisfação com os sensores dianteiro e traseiro está atrelado ao som irritante ou muito alto, reconhecimento de obstáculos que não deveria ou a falta de reconhecimento dos mesmos. Já em relação da câmera, as queixas estão relacionadas à imagem ruim à noite, falta de nitidez, atualização lenta e ângulo de visão insuficiente.

A pesquisa concluiu que, diante da importância dos sistemas de estacionamento para a segurança e conforto dos usuários, há uma parcela significativa insatisfeita com os dispositivos especialmente quando instalados no pós-vendas. “Sem dúvida, ter esses dispositivos como item de série podem minimizar essa percepção, visto a padronização na instalação e qualidade dos produtos”, conclui Glaucia.

 

Mais informações sobre a Bosch: www.bosch.com.br

 

Atendimento à imprensa

Alessandra Nascimento

Tel.: (19) 2103-2325

e-mail: alessandra.nascimento@br.bosch.com

Bruna Carrara

tel.: (19) 2103-1218

e-mail: bruna.carrara@br.bosch.com

 

A história de sucesso da Bosch no Brasil iniciou-se em 1954 na cidade de São Paulo. Atualmente o Grupo Bosch emprega no país cerca de 8.500 colaboradores e registrou, em 2016, um faturamento líquido de R$ 4.4 bilhões com a oferta de produtos e serviços automotivos para montadoras e para o mercado de reposição, bem como ferramentas elétricas, sistemas de segurança, termotecnologia, máquinas de embalagem e tecnologias industriais. As operações do grupo na América Latina empregam cerca de 10.000 colaboradores que contribuíram para gerar um faturamento de R$ 5.7 bilhões, incluindo as exportações e vendas das empresas coligadas. Para mais informações: www.bosch.com.br

O Grupo Bosch é um líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços. A empresa emprega mais de 390.000 colaboradores em todo o mundo (posição de 31.12.2016). A empresa gerou vendas de 73.1 bilhões de Euros em 2016. As operações do Grupo estão divididas em quatro setores de negócio: Soluções para Mobilidade, Tecnologia Industrial, Bens de Consumo e Energia e Tecnologia Predial. Como uma empresa líder em IoT, a Bosch oferece soluções inovadoras para casas e cidades inteligentes, mobilidade e indústria conectadas. A empresa utiliza sua expertise de tecnologia de sensores, software e serviços, assim como sua própria nuvem de IoT para oferecer aos seus consumidores conectados múltiplas soluções a partir de uma única fonte. O objetivo estratégico do Grupo Bosch é disponibilizar inovações para uma vida conectada e aprimorar a qualidade de vida em todo o mundo com produtos e serviços inovadores concebidos para fascinar. Assim, a empresa cria "Tecnologia para a Vida". O Grupo Bosch é composto pela Robert Bosch GmbH e cerca de 440 subsidiárias e empresas regionais presentes em aproximadamente 60 países. Incluindo os representantes de vendas e serviços, a rede global de produção, engenharia e vendas da Bosch abrange quase todos os países do mundo. A base para o crescimento futuro da organização é sua força inovadora. A Bosch emprega 59.000 colaboradores na área de pesquisa e desenvolvimento em 120 localidades em todo o mundo.

Mais informações:  www.bosch.com, www.iot.bosch.com, www.bosch-press.com, www.twitter.com/BoschPresse

 

Nenhum comentário

Deixe um comentário