Siga-nos:

Audi no IAA 2017: condução autônoma em três passos

Compartilhar:

O novo emblemático Audi A8 e dois carros-conceito. Carros de demonstração com tecnologias inteligentes Audi AI para níveis 4 e 5. Outros destaques: Audi A4 Avant g-tron e dois novos modelos R e RS.

O progresso em três níveis: a Audi apresenta a sua estratégia de condução autônoma no IAA 2017. O novo Audi A8 incorpora a condução automatizada condicional no nível 3 como item de série. Dois carros-conceito também vão demonstrar a visão da Audi para os níveis 4 e 5, oferecendo um insight das futuras tecnologias Audi AI. Outros modelos de série - de esportivos a ultra eficientes - completam a presença da marca no evento.

 

Condução automatizada condicional no nível 3 como item de série: o novo Audi A8

É o primeiro carro de produção em série do mundo a ser projetado para condução automatizada condicional no nível 3, conforme os padrões internacionais. Nas rodovias e estradas com várias pistas que tenham uma barreira física que separe os dois sentidos do tráfego, o Audi AI traffic jam pilot assume a tarefa de condução em tráfego lento de até 60 km/h. O sistema opera partindo de uma posição com o carro parado, acelerando, dirigindo e freando. Se o motorista tiver ativado o piloto de congestionamento no botão AI no console central, ele pode tirar o pé do acelerador e as mãos do volante por períodos mais longos. Ao contrário do nível 2, não há necessidade de monitoramento permanentemente do carro por parte do motorista e, conforme as atuais regulamentações nacionais, ele pode executar outras atividades apoiadas pelo sistema de infotainment de bordo. No entanto, deverá permanecer alerta e capaz de assumir a tarefa de dirigir quando o sistema assim o solicitar.

O Audi AI traffic jam pilot é baseado em duas tecnologias que a marca é a pioneira a incorporar como de série: a unidade de comando do sistema central de assistência do veículo (zFAS), que gera uma imagem dos ambientes durante a condução por fusão dos dados do sensor. Ao mesmo tempo, ocorre uma segunda fusão de dados na unidade de controle do radar. Enquanto isso, o scanner a laser, a segunda inovação, fornece informações detalhadas sobre veículos que entram na estrada e nas estruturas periféricas da estrada, por exemplo.

A introdução do Audi AI requer clareza quanto aos parâmetros legais de cada país, assim como adaptação e testes específicos do sistema. Além disso, devem ser observados os diferentes procedimentos de homologação em todo o mundo, assim como os seus prazos. Por estas razões, a Audi iniciará de forma incremental a produção em série da tecnologia no novo A8, dependendo da situação jurídica no país em questão.

 

Altamente automatizado no nível 4: o carro-conceito com nova tecnologia

Este estudo da Audi é um coupé SUV com 4,90 metros de comprimento. Com base no carro-conceito Audi e-tron Sportback, adota as linhas dinâmicas do carro, assim como a tecnologia de iluminação progressiva, o interior funcionalmente elegante e a transmissão quattro elétrica com três motores elétricos e uma potência de pico combinada de 370 kW.

Um novo destaque são as tecnologias inteligentes que reduzem a carga do motorista e abrem muitas oportunidades para passar o tempo no carro. Estes sistemas são resumidos sob o termo Audi AI e, em muitos casos, utilizam estratégias do campo da inteligência artificial e da aprendizagem de máquina. São perfeitamente conectados em rede com a nuvem e com outros veículos (car-to-X) - dando-lhes a capacidade de aprender e pensar de forma proativa e empática. Graças a esses sistemas, o motorista ganha mais tempo, segurança, eficiência e personalização. Para a condução altamente automatizada no nível 4, o coupé SUV usa um zFAS de última geração. Ele fornece informações para o piloto rodoviário, que pode assumir a tarefa de condução a velocidades de até 130 km/h e trocar automaticamente de pistas.

 

O autônomo a caminho do futuro: o carro-conceito é conduzido no nível 5

O segundo carro-conceito da Audi para o IAA é o futuro em condução autônoma. Oferece aos seus ocupantes liberdades inteiramente novas, nas quais já não precisam se concentrar no tráfego rodoviário. Os passageiros podem usar o tempo livre em algo diferente da condução. Para este fim, o show-car combina muitos novos recursos de conectividade, comunicação e operação, o que torna as viagens extremamente confortáveis. Graças ao Audi AI, esses sistemas são inteligentes e avançados.

O novo carro-conceito da montadora é projetado principalmente para viagens longas. É movido por quatro motores elétricos. Está situado no segmento D, o nível superior dos automóveis, e tem uma autonomia de 700 a 800 quilômetros. O design interno e exterior do modelo em tamanho real é espetacular e inovador. Oferece novas possibilidades que um carro totalmente elétrico e autodirigido abre para os designers.

 

Outras novidades e atividades: eficiente, desportivo e conectado.

Com o A4 Avant g-tron e o A5 Sportback g-tron, a Audi faz uma oferta atraente de mobilidade econômica e, ao mesmo tempo, com menos impactos ambientais. O motor 2.0 TFSI oferece torque de 125 kW e 270 Nm e, equipado com a transmissão S tronic de sete velocidades, consome apenas 3,8 kg de gás natural por 100 km no Ciclo NEDC. Isso equivale a emissões de CO2 de 102 gramas por quilômetro. A autonomia total é de 950 quilômetros e até 500 quilômetros no modo de gás. A frota de g-tron é especialmente amigável ecologicamente no modo Audi e-gas. Até o final de maio de 2018, a marca vai oferecer o gás eletrônico como item de série, ou seja, sem custo extra. Na comparação direta, o Audi e-gas reduz as emissões de CO2 em 80%.

A Audi Sport GmbH celebrará duas estreias mundiais como parte da IAA 2017. A quarta geração do Avant de alto desempenho é outro capítulo impressionante da história de sucesso do primeiro modelo RS, o RS 2 Avant. A subsidiária da Audi também apresentará pela primeira vez um modelo especial limitado com tração traseira.

A Audi e a HERE Technologies estão criando ligações mais estreitas. No novo A8, a montadora já utiliza vários serviços e novas tecnologias da HERE, uma das principais empresas de software para mapas de navegação digital e serviços baseados em localização. A própria Audi tem uma participação na HERE, com as duas empresas procurando trabalhar ainda mais próximas no futuro. Apresentarão em conjunto os seus produtos no New Mobility World, que faz parte da IAA.

 

Informações

Departamento de Comunicação Audi do Brasil

www.audi-imprensa.com.br

Christian Marxen

Gerente Sênior de Comunicação

Telefone: +55-11-3041-2905

christian.marxen@audi.com.br

Charles Marzanasco

Supervisor de Imprensa Produto

Telefone: +55 11 3041-2840

charles.marzanasco@audi.com.br

Imagem Corporativa

www.imagemcorporativa.com.br

Paula Janer

Coordenadora de Comunicação

Telefone: +55 11 3526-4572

paula.janer@imagemcorporativa.com.br

Estefânia Basso

Analista sênior de Comunicação

Telefone: +55 11 3526-4521

estefania@imagemcorporativa.com.br

Thais Villaça

Analista sênior de Comunicação

Telefone: +55 11 3041-2888

thais.villaca@imagemcorporativa.com.br

Aline Fernandes

Assistente de Comunicação

Telefone: +55 11 3041-2825

Aline.fernandes@imagemcorporativa.com.br

 

O Grupo Audi com suas marcas Audi, Ducati e Lamborghini é um dos mais bem-sucedidos fabricantes de automóveis e de motos no segmento premium. Ele está representado mundialmente em mais de 100 mercados e produz em 16 unidades distribuídas por doze países.  Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a Audi Sport GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e a Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). Em 2016, o Grupo entregou aos clientes 1.871 milhão de automóveis da marca Audi, 3.457 carros esportivos da Lamborghini e 55.451 motos da Ducati. No exercício de 2015, o Grupo AUDI teve um volume de negócios de 58,4 bilhões de € e apresentou um resultado operacional de 4,8 bilhões de €. Atualmente cerca de 88.000 pessoas trabalham em todo o mundo para a empresa, das quais cerca de 60.000 na Alemanha. A Audi está centrada em novos produtos e tecnologias sustentáveis com vista ao futuro da mobilidade. 

Nenhum comentário

Deixe um comentário